Visitantes.

domingo, 23 de agosto de 2009

Saudades eternas vô sz

Como vai ser difícil acordar e ver que você partiu , como vai ser difícil aceitar que tiraram você daqui , como vai ser difícil perceber que não está entre nós . Teus abraços me confortavam tanto , suas palavras eram um abrigo para mim , e o vento insistiu em levar você de todos nós , deixando um vazio em meio de tudo . Foi com você que eu aprendi tantas coisas , foi com você que eu passei momentos tão lindos , você estava ali me apoiando , era meu segundo pai . O coração aperta em saber que nunca mais vou poder receber a tua benção , dói muito saber que te perdi , machuca demais não ter você mais entre a gente . Olhar você ali entre as flores , perceber que não era mais vocêe sim só o que restou de um corpo . Derramar lágrimas diante de tudo aquilo , ver você desaparecendo em meio á terra , soluçar tentando colocar para fora a dor que era perceber que você não existe mais . Você foi um ótimo avô , um ótimo padrinho , você foi uma ótima pessoa , você fez a diferença na vida de muitos outros que vão sentir a tua falta . E daí de cima eu sei que você vai sentir orgulho de tudo o que criou aqui em baixo , porque sem você nenhum de nós iria existir , e você aí em cima vai encontrar com sua filha , com seus pais , com seus irmãos , e nós aqui em baixo um dia vamos encontrar vocês aí também . Eu vou te amar eternamente , para sempre , eu te amo muito , muito mesmo , e nunca vou esquecer de você .
+ 21/08/09

sábado, 15 de agosto de 2009

Do alto do mundo

Você não consegue me ver , já não pode mais sentir , eu sei que o que aconteceu te fez chorar , te fez infeliz , você não tem que se culpar se hoje não estou com você, eu sei que as coisas são mesmo assim , é tão dificil te ver sofrer . Eu vou te guiar e sempre te ajudar, eu sempre estarei com você , do alto do mundo eu olho por ti , com todo amor vou te proteger , se tive que partir não há porque chorar , eu ainda estarei com você no céu e no mar , ou em qualquer lugar meu amor irá te buscar .

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

você +

Estar perto de você me faz tão bem , poder sentir teu corpo , poder olhar nos teus olhos . Te abraçar faz o mundo girar em torno de minha mente , meu coração pular diante de teu corpo. Chuva intensa ! Caíste sobre nosso rosto , misturando nossos lábios inconfundíveis em um único ser . Misturando nossas bocas diante do vento penetrando em nossa pele.Vento forte ! Confundiste minhas pernas tremelentas ao enroscar nas tuas , esquentando o fogo que arde diante de nossos olhos. Breve lua ! Brilhaste intensamente diante de nossas cabeças , num rodopiar de danças ao alento.Poder tocar te é alcançar o céu , tocas estrelas , enchergar a lua . é sobreviver a mais intensa maré que cobre meus sonhos em angústia e dor . é poder te chamar de minha , poder ter te em meus braços e assim adormecer contigo .

(Bruna Mendes)

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Tempestade

É difícil aceitar o quanto tudo mudou , acordar de madrugada e ver a chuva caíndo sobre o chão , o trovão arrepiando minha pele , o vento soprando sobre a porta . É difícil passar pela tempestade sozinha , sentir os olhos lacrimejarem e as lágrimas caírem no chão se misturando com a gotas da chuva , ouvir o choro e os soluços de uma um coração despedaçado gritando com o trovão , sentir o vento gelado congelar o que sobrou dentro de uma vida . É difícil aceitarque me deixou sozinha durante a tempestade ,difícil dormir todas as noites abraçando o travesseiro tentando encontrar você e esconder minha dor . É difícil ter que lidar com o frio que congela meu ser , difícil te sentir longe , difícil nao olhar em teus olhos e sentir tua boca . Difícil não ter como amar , não ter como sentir . Difícil aceitar que te perdi , até perceber que o vento gelado que bate em meu rosto mostre o quanto dói não ter você , e ali eu adormeço , no chão , banhada por minhas lágrimas , reprimida por meus soluços , esperando a tempestade passar e o sol brilhar junto com o brilho que um dia eu via ao te olhar .

(13/08/09)

domingo, 2 de agosto de 2009

Eu só queria você .

Eu só queria poder compartilhar com você os momentos mais felizes da minha vida , olhar para o lado de minha cama e sentir o teu corpo junto ao meu , aquecendo minha pele , tocando minha face . Eu só queria poder olhar pela janela naquela linda manhã e ver o sol brilhando abraçada com você , sentir o vento gelado da noite bater em nossos rostos e nos esquentarmos de paixão . Eu só queria poder andar de mãos dadas com você pelas ruas , beijar sua testa , te carregar em meus braços . Eu só queria rir junto contigo , sentar no meio da praça e encostar a cabeça no teu ombro , te dar as mãos e sentir as ondas do mar baterem contra os nossos pés . Eu só queria viajar na estrada , cantarolando e conversando , discutindo e fazendo as pases . Eu só queria poder lutar contra esse mundo , ter você só para mim , poder te chamar de minha diante de todos . Eu só queria fazer um discurso no meio da praça , em frente ao bar , no meio dos convidados . Eu só queria poder te puxar junto ao meu corpo e dizer eu te amo diante de todos , tocando nossos lábios e entrelaçando as nossas linguas . Eu só queria que você tivesse forças para lutar comigo , para enfrentar o que vem pela frente . Eu só queria olhar em teus olhos todo fim de noite e começo de manhã , rezando pelo amor que eu posso ter nos meus braços , o amor que me foi dado . Eu só queria ouvir o teu eu te amo sussurrado no pé do meu ouvido em cada noite estrelada . Eu só queria ter você ...

(Bruna Mendes - 02/08/09)

a morte +

O que seria a morte ? a morte significando o término da vida , significando o fim da jornada , o fim de tudo o que foi feito para nós . A morte , uma palavra tão pequena que desperta medo , raiva , ódio , dor , tristeza , mágoa a quem presencia uma de perto . Alguém no qual um pedaço foi levado , arrancado pelos traços do destino , pelo soar dos ventos , pelo ardor do sol , pelo bater das ondas . Morte que levou embora a esperança , os sonhos , a felicidade de quem a queria compartilhar, morte injusta que arranca um pedaço do coração sem dó , deixando marcas , deixando vazios . Morte também da alma , que já não consegue caminhar , amar , viver . Morte de morte que machuca , desafina a música que pairava sobre o soar das ondas do vento que batiam em nosso rosto . Vida cruel demais que insiste em tirar esse pedaço de sol da vida , que desapareçe com um sorriso em meio as lágrimas que caiam . A vida é curta demais para pensar no dia em que a morte virá , a vida é invisível demais diante de nossos olhos , que feixam quando a morte acaba com a nossa alma .

(Bruna Mendes - 02/08/09)