Visitantes.

domingo, 27 de setembro de 2009

Eu quero ser ..

Não precisas ter medo , a vida é um moinho , a vida é tão remota , a vida é inesperada , é uma só para termos pavor em vivê - la . Me dê a sua mão , vamos pular do décimo andar , vamos voar e sentir a brisa bater contra nosso rosto . Sentir o que é ser livre , ver o caminho se formando , nossos pés pararem e nossas mãos encaixarem . Eu quero estar , eu quero ser , eu quero fazer , descobrir e tentar . Eu quero pousar , caminhar , voar , deitar . Me superar , revolucionar . Eu vou ser quem eu quero ser , passear por onde eu sempre quiz , dizer o que eu preciso , sentir o que sinto . Vou ser livre , te mostrar o mundo , agarrar as forças , vencer o medo . Vou voar na imensidão das águas , alcançar a lua , dar a volta ao mundo. Ser a bela ou a fera , a fada dentro de um conto , tranformar a sua vida , te levar á um mundo distante . Me dê a sua mão , vamos andar .

Bruna Mendes 26/09/09

amor ..

Quantas estrelas paralisam o meu olhar , elas brilham tão intensamente . Eu sinto um universo paralelo , um universo incomum , abstrato . Posso ver em teus olhos , como o amor pode ser lindo , maravilhoso . Te abraçar , te sentir , te tocar .Viver e apenas viver ao teu lado , segurar tua mão, me tranformar contigo apenas uma só . Como um mar , como a correnteza , minha vida caminha com a sua , em caminhos diferentes , distintos , que um dia , ao final se encontram e formam novamente apenas um , apenas uma gota de todo o meu ser .

Bruna Mendes - 26/09/09

sábado, 5 de setembro de 2009

Minha pomba ..

Tragam - me um sinal , tragam - me apenas uma palavra , tragam - me o beijo , apenas um abraço . Ventos apontam a direção , batem em minha janela , assopram sob meus ouvidos . Eras a súbita aurora , eras o mar tenebroso arrancando e puxando meu pensamento com o teu olhar . Deixa me aberta uma fresta , apenas uma fresta da porta do teu coração . Meu corpo se altera , meu sangue congela se fechar te teus olhos que olhavam insessantes aos meus . Eras a minha estrela , minha pombra predileta , o sol de cada manhã . Mostre me o teu caminho , para que eu te dê as mãos , e caminho junto a luz contigo .

(Bruna Mendes - 27/08/09)