Visitantes.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Meu Precipicio

Puxe me para cima agora , eu acho que estou caindo no precipício , me afogando em minhas lágrimas .
Quero poder ver meu reflexo hoje , mas parece estranho essa noite , meus olhos vermelhos escondem minha ansiedade , minhas lágrimas salgam minha boca , minha pele ferve .
Estou ouvindo o sino da igreja agora , façam na parar , eu estou agora começando a enchergar , as nuvens pretas passear , a tempestade desabar e enfim , meu fim .. chegar .

Bruna Mendes ( 25/12/09)

Digo -lhe .

Suponho que ache - me amada , que ache - me inventada . Posso dizer lhe que minha solidão me acompanha , em cada passo dado , em cada palavra inventada . Quero informa lhe que sou a água da tempestade derramada , a rocha quem sabe rachada ,uma pessoa restaurada . Talvez , suponha que não preciso de ti , que estás apenas só , andando por aí . Princípio absoluto , cruel de mim . Quero apens avisar - te do que és para mim , e se minha solidão deixasse , polparia me de julgar - te . Vou lhe dizer inesqueciveis palavras , mostrarei segredos guardados , reinventarei meu ser , complementando tua metade .

Bruna Mendes( 25/12/09)

Meu amor .

Coisas inexpicáveis aconteçem sem ao menos perceber . Você nos meus sonhos , não posso esquecer . São sonhos dolorosos, são sonhos amáveis . São sonhos com você . Voar eternamente , voar intensamente , procurar repuso em teus braços , descansar Repugnantes estórias ,pessoas inesquecíveis . Viva em meus sonhos eternamente , transforme em realidade inexistente , me deixe provar do teu sabor . Me deixe chama -la , de meu amor .

Bruna Mendes (25/12/09)

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

x.x



Liberdade é pouco , o que eu quero ainda não tem nome [..] (C.L)

Sonhos

Que sonhos são esses que aparecem sem eu ao menos pensar , que sonhos são esses onde me aparece só o teu olhar . Nos meus sonhos eu posso te ter , ter para mim , em meu ser . São apenas sonhos , sonhos . Mas são tão verdadeiros , assim como meu amor por você .. É forte , intenso , doloroso . Mas são apenas sonhos , sonhos .
Tua boca encontrando a minha , teus labios encaixando nos meus , o brilho do teu olhar olhando penetrando nos meus .. algo incomprienssível , algo imaginário . Eu amo , eu vibro , eu choro , eu acordo . Deixe me sonhar , deixe me pensar que assim eu tenho você , deixe me te dar o céu , roubar o brilho das estrelas , a quentura do fogo . Não me deixe acordar e ver que estás longe , muito menos perceber que não eres minha . São sonhos , apenas sonhos que me fazem viajar na mais pura ilusão , na mais pura agunia em ter que acordar e ver que eram epenas sonhos. Eu ficarei aqui , quem sabe meus sonhos não cresçam tanto que cheguem a realidade , se não eu tento durmir para sempre , pelo menos o brilho dos teus olhos permanecerá em mim , sempre , fielmente .

Bruna Mendes ( 23-12-09)

domingo, 20 de dezembro de 2009

Clarice Lispector [..]

"Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo. "

Sozinha .

Que coisa interessante , eu não consigo parar .
Estou viajando , andando sem destino , a procurar
Algo que eu ainda não encontrei .
Eu me sinto sozinha
Quero alcançar as montanhas , voar sobre as águas
Mas eu me sinto sozinha , tão sozinha .
Não sei se ainda provei o amor que todos dizem ser maravilhoso
todo amor que me aparece consegue me rasgar , me torturar
todo amor que me aparece , me faz sofrer e tanto chorar .
Se o amor fosse tão bom quanto dizem
As estrelas conseguiriam brilhar mais intensamente para mim
Seria como ver o mar e sentir a brisa , o cheiro de areia molhada
A lua ia clarear meus olhos , brilhar intensamente sobre minha cabeça
Mas não é isso que aconteçe
Eu fico aqui afogada em desalento
Afogada em minhas próprias lágrimas , em meus próprios pesadelos
Emoções fortes , canções desesperadoras conseguem me fazer falhar
Podia ter aparecido coisas tão boas , pessaos maravilhosas para mim
As vezes penso que nasci com algo errado , absolutamente estranho
E percebo que não é só comigo
Mas eu estou sozinha , tão sozinha .

Bruna Mendes

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Desabafo 2

Faz tempo que eu não escrevo aqui sobre as coisas que eu sinto . Tudo bem , eu escrevo muito aqui sobre as coisas que eu sinto , mas eu escrevo em forma de poema , ou coisinhas para poder refletir . Mas agora me deu uma vontade enorme de escrever , acho que é porque estou um pouco entediada , brigando com umas amigas e ouvindo as músicas da Ana Carolina , que eu amo tanto çç
Mas enfim , eu fico as vezes um pouco cansada de brigar com as pessoas que eu amo sabe , eu tento me fazer de forte mas eu não consigo , acho que é por isso que continuam brigando comigo , por qualquer besteira . Eu sou assim , dou fraca demais as vezes , e sempre choro , elas sempre me fazem chorar . Muitas vezes , jogam na minha cara coisas não muito legais , eu sempre estou ali para ouvi - la , sempre estou quando falam dos namoros , das paixões , e quando chega a minha vez? É assim , eu não posso dizer nada porque sempre estou errada , acho que posso ter muitas pessoas em minha vida , eu nasçi assim , e quando uma pessoa entra na minha vida , eu faç de tudo para poder ficar , e assim é isso que aconteçe , acho que isso não é ciúme , não sei explicar , mas enfim , não quero mais falar sobre isso . Vou falar da minha mãe agora *-* Eu acho que deus foi muito bom em me dar ela como mãe sabe , ela me intende , e eu sei que o que aconteçeu foi porque ela sempre quiz o melhor para mim , e eu sei também que ela sofreu muito já , e agora ela quer que eu fique feliz , e ta junto comigo em tudo .. eu não minto mais para ela e isso é muito legal mesmo , ela se torna assim mesmo a minha melhor amiga , tenho que agradeçer porque não são todos que tem uma sorte assim ne . E ela pode não me aceitar , mas ela quer me ver feliz , e eu sempre , sempre vou estar com ela , aonde ela esteja .
Ta bom , eu já me exponho muito aqui , acho que já está bom ne? Ano novo está chegando , acho que estou meio depressiva por causa disso . Vai ser o primeiro natal e o primeiro ano novo sem o meu avô , meu padrinho , e isso é muito triste . Vou passar o natal com minha mãe e o ano novo com meu pai , desde pequena eu sempre tive medo disso , da separação deles e em eu ter que escolher essas coisas , um ou outro sempre sai magoado , e isso é o que eu menos quero , e eu tenho que escolher ! Conversei isso com a minha psicologa não faz muito tempo , eu sofri demais quando os dois tomaram rumos diferentes , mas eu estou bem crescida para isso , e acho que intendo , não aceito muito bem mas eu aceito . E não é só por isso que eu ando meio emotiva esses dias , faz um ano que minha vida ficou de ponta a cabeça , faz um ano que eu perdi uma pessoa muito importante na minha vida , acho que a mais importante dela , e eu perdi por preconceito , isso eu acho que é o pior , sofri tanto , pedi a minha vida praticamente , perdi minha alegria de viver , perdi meu chão , eu nunca pensei que pudesse amar tanto alguém quanto eu a amei , foi forte e intenso , mas acabou , o destino nos separou e cada ma vive uma vida agora . Eu estou namorando de novo , que bom , e ela também .. Eu do fundo do meu coração desejo a ela tudo , mais tudo de bom , e eu quero que ela seja feliz , porque a amizade dela eu sempre vou ter , e é isso que eu quero , a amizade dela , porque o que passamos ninguém nunca vai conseguir arrancar de mim , e nem dela , eu acho . Eu fico meio assim porque eu sofri muito , e faz um ano , e sempre vai ter uma pontada disso em mim , não tem como arrancar , nem as pessoas que acabaram com tudo ! Mas eu estou feliz hoje , estou feliz com o que eu me tornei e com o quanto eu amadureci com isso tudo , agora eu me sinto plena , me sinto completa em saber que eu fiz de tudo para conseguir e correr atráz de tudo o que eu sempre quiz , e estou feliz por ter amadurecido também , por ter minha mãe ao meu lado , e minha irmã mais nova , ela sempre esteve do meu lado e eu tenho que agradecer muito a ela , porque ela foi a minha amiga , muito mais do que minha irmã , ela sofreu junto comigo e chorou junto comigo , perdeu as coisas que eu perdi , mas ela estava ali segurando a minha mão , e eu a amo muito , sempre vou estar com ela , acho que ela me passa uma segurança tão incrível que eu faço de tudo para nao decepciona la , e vai ser sempre assim .
Bom , já escrevi demais , vou para a minha casa , ontem eu fui ver filme de terror com o pessoal da escola , fiquei com medo , ainda estou com medo , resolvi durmir na minha tia que é mais perto porque já estou de férias , Então , eu vou para casa agora . até mais

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Eres tu .

Amar incontrolávelmente eu amo , sem sentido , sem engano . Amar um bocado ou muito , ser feliz ou ser feliz . Abrir a janela e ver o lindo dia , o sol brilhando , queimando minha carne , minha pele . Deitar e abraçar meu travesseiro , meu ursinho , ver o dia acabar , escurecer , desaparecer . Viver intensamente , ser alguém livre , com asas , imortal . Eres tu , águia que cerca meu caminho , que cobre meu destino , que viaja em meu olhar . Eres tudo , meu pesadelo interminável , história interminada , passado deslumbrante . Eres tu , sol iluminantante , brilho suave , pensamento terrível . Eres tu , amor mais eterno , verdade mais sincera , segredo mais guardado . Iluminante caminho , areia do mar , vento com a brisa . Verdadeira metade , encaixe perfeito , solidão repentina . Me esquenta , solidão repugnante , me esfria , solidão mais arrepiante . Toma conta do meu ser , toma conta sem sentido , imagem mal pintada , com o coração partido . Cores dos desvaneios , arrastões que a vida dá , eu quero você , alcançar o tempo , agarrar o ar .

Bruna Mendes ( 14/12/09 )

A minha solidão



Sentada olhando o mar , as estrelas , percebi que a solidão existe em grande parte dentro de mim , percebi que eu preciso dela intensamente dentro do meu coração e do meu ser . Posso olhar ao redor e ver o quanto vivo com ela , o quanto ela faz parte da minha vida . É ela quem está comigo nas horas de agunia , tristeza e dor , que me ajuda a sentir melhor , intensamente melhor . E eu percebi que eu gosto tanto da solidão , que dentro de mim posso encontrar um caminho desconheçido e deserto , que é o que eu preciso e sempre precisei . As ondas do mar bantendo sobre meus pés fazem com que tudo tenha mais sentido , a noite caindo sobre meu corpo e as estrelas sob meu olhar me trazem a vida . Eu gosto da solidão , uma solidão que é só minha e que me deixa pensar . Eu sou tudo o que sou , e tudo o que eu quero ser , eu sempre tive de tudo e sempre tive de nada , eu sempre tive muitos mas nunca o verdadeiro e quando eu paro para imaginar , percebo que ela estava lá comigo , a solidão que antes eu sentia tanto medo . Mas eu ainda gosto da solidão , e irei gostar até o dia em que meu corpo virar cinza e ainda assim , a minha alma vagará no escuro de mão dada com a solidão , que nunca me deixou e que sempre vai deixar , o vazio no meu coração .

As vezes me deparo com as lágrimas caindo dos meus olhos , me cegando a vista , embaçando completamente o meu ser , lágrimas inúteis que só sabem congelar meu sangue , traumatizar meus pensamentos , entristecer meu olhar . Pode ser inútil cada momento de dor que me consome , mas é incontrolável não viver com essa minha solidão . Me arde o ser , paralisa meus sentidos , mas eu posso dizer que eu gosto muito do que ela me deixa transparecer , posso viver melhor comigo mesma , posso me rebelar contra a hipocrezia que insiste em me arrastar junto a ela . Eu sei também , que eu posso melhorar tudo o que se passa , mas essa solidão , ah essa solidão , é tão gostosa de se sentir , é prazerosa quando invade meu coração , porque assim eu tenho a companhia dela , posso viajar sozinha em um mundo que eu mesma não sabia que poderia existir , posso contemplar as coisas mais belas da vida que antes , eram ignoradas pelos meus olhos cheio de rancor e ódio . Eu prefiro muito a solidão , ao ódio e ao rancor , eu prefiro a solidão ao medo e ao cansaço de tentar ser alguém que absolutamente eu não sou , que a socieda insiste em impor , um modelo de vida , uma forma de sobrevivência completamente inútil .

Solidão inabalável , chega até mesmo ser doentia , eu me sinto tão sozinha , mas é um meio de me livrar dos próprios males inconfortáveis de dentro de mim, dentro do meu ser . Pode ser até que eu esteja errada sobre me sentir só demais , eu posso ter tantas pessoas ao meu redor , sinceramente eu tenho muitas pessoas ao meu redor , mas eu me sinto sozinha e frágil como um vidro prestes a ser quebrado , mas também que seja cortante e que arranque o sangue de quem insista em me quebrar novamente , em pedaços , e que me deixe ali sozinha , diante do nada , diante do escuro e da neblina que me trazem os pesadelos mais mórbidos , mas apavorantes e inexperados que eu poderia imaginar .

Solidão muita das vezes até traiçoeira , que insiste em deixar minha mente confusa demais para amar , meu coração doente demais para se agarrar a alguém . Esse é o meu problema , amar demais . Eu amo demais , e isso transparece tanto que chega causar até mesmo um vazio tão grande aqui dentro , eu chego a repetir te amo quantas vezes for preciso por dia , eu sou sincera , pelo menos é o que meu coração tenta passar , mas os que eu recebo não tem o fogo que eu gostaria que tivesse , por isso eu deixei um pouco de me agarrar á coisas , e acima de tudo á pessoas , aprendi a dar um tempo á elas , deixá - las descobrir o que eu causo a elas , não sei se por justiça ou injustiça mesmo . Sou louca ás vezes , as pessoas me dizem isso , e eu tento agora ao máximo esconder o que eu venho a sentir .

Vou tentar , sempre tento , mas prefiro ficar aqui , sentada , colocando e expondo tudo o que eu sinto , não absolutamente tudo , é claro , tudo é muito abrangente , tudo é muito grande , e eu posso ser grande de alma, e sim , eu me considero uma pessoa gigante se comparado as questões sobre a alma , eu acredito nela , acredito em almas que se cruzam e nasçem uma para outra, e isso pode ser que mude a algum tempo , estou sendo um pouco contraditória , mas é o que eu chamo de expor mais o que eu penso , eu também sou contraditória , sou contraditória até comigo mesmo , e sou diferente , diferente demais para o padrão de vida de uma sociedade normal , e eu digo diferente porque eu amo , eu amo a minha solidão , eu amo amar também , só que eu amo sozinha , dentro de mim mesmo , acho que pelo fato de não poder expor tudo o que eu sinto , que já ressaltei de que esse tudo nunca pode ser tudo , nem eu sei o que é tudo .



A lua , as estrelas , me seguem de um jeito arrepiante , a todo lugar que eu vou elas estão lá , me fazem uma companhia que nenhuma outra , ou alguém seria capaz de fazer . Eu até tenho uma estrela , ela se chama sonho , e do lado dela está a minha solidão , estrelinha que sempre está lá , do lado do meu sonho , outra estrelinha que não me deixa, tudo bem , ás vezes ela dá uma sumida . A água da chuva ainda insiste em misturar as lágrimas caídas do meu rosto , enbaçando minha pequena estrela , que sempre está ali brilhando junto com meu sonho . Como eu amo a minha solidão , toda vez que estou triste ela está lá comigo , e não para de brilhar , pode estar chuvendo ou não , o tempo pode até mesmo estar estranho demais , muito parecido com meus pensamentos , mas ela nunca me deixa .. ela é mais companheira do que a que eu chamo de sonho , parece que as vezes ela some e deixa minha solidão ali , sozinha , me fazendo a companhia interminável , até eu pegar no sono , entre soluços , entre lágrimas , dor . Mas eu acordo , e outro dia é outro dia , começa tudo outra vez , e eu pretendo sempre estar de pé , e eu não sou frágil , tudo bem que posso ser um pouco frágil , mas ninguém precisa saber o tanto de fraqueza que consome o meu peito , que aperta meu coração , me deixa o ar faltar . E a morte , não gosto de falar muito da morte , tenho medo do que ela reserva para mim , tenho medo da morte tirar a minha solidão , eu gosto tanto dela , seria muito injusto . Eu ia sofrer mais se essa tal de morte a tirasse de mim , mesmo eu procurando a ás vezes .

Eu me acho louca sim , não porque muitos pensam também , eu acho que não ando nos padrões da sociedade , acho que não sou certa demais aos olhos dos outros , eu vejo muitos pensarem isso , eu quero ser diferente , odeia ser igual . Mas eu tento , juro que tento ser a melhor possível , e assim eu vou vivendo . Olhares me dizem , o quão importante é o sentimento qe talvez eu esteja sentindo por alguém , olhares que se cruzam , olhares que entregam tudo o que eu estou sentindo , mas eu vivo assim , nunca esqueçendo da minha solidão , que sempre me acompanha , a qualquer passo que eu dê , em cada lugar que eu vou , em cada momento , em cada esquina ! Eu sigo assim .