Visitantes.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

(...)



(...)

Amar.

Toda vez que tenho que ir embora, meu coração fica com você. Uma parte de mim, um pedaço de tudo aquilo que eu sou. Sei que nunca poderá entender, mas eu queria tanto te ter em um mundo só meu, em que, apenas eu pudesse te abraçar e desfrutar dos teus olhos que tanto me prendem. Sei que é tão difícil não poder ser quem eu sou, e o que você não é para mim. Queria ainda poder não ter medo, queria poder amar a minha mulher sem preconceito. Queria estar ao teu lado nos momentos mais importantes em que eu não posso estar,e queria ainda que você estivesse comigo nos momentos em que eu precisasse de ti. Ainda assim, sempre estareiao teu lado em silêncio, e se o mundo perceber o que você é para mim, que me matem ou tirem-me a vida. Só por favor, não deixem que me tirem você. Quero olhar em teus olhos e estar em teus braços, pois por você, eu renuncio até mesmo a verdade de quem eu sou. Luto por mim, luto por você, porque eu, sou escrava desse amor.

(?)

Preciso de um pedido; Queria tanto que me ouvissem
Preciso de um abraço; Queria tanto que me abraçassem
Por isso é como se existisse uma nuvem de fumaça
Entre os pedaços de minha carne com o correr de meu sangue
Como se as lágrimas perdurassem e ouvissem os meus gritos
Por isso dor é dor em qualquer lugar; Em qualquer espaço
E morro ao saber da minha própria morte

Alguém pode me ouvir? - Eu grito - erro meu pranto

O que será? Alguém pode responder? (?)

Choro de menina.

Agarrada ao travesseiro, choro; Um choro de menina perdida, desesperada. Ao olhar do teto entre a escuridão das paredes que parecem engulir-me,e das trevas da incompriendível solidão. Tinha em mim uma lágrima de medo e uma grande dor. De volta a posição fetal. Um emaranhado de pesadelos entre a luz e o vazio. Senti afogar-me de vez no mar de minha dor e por um instante renunciar minha vida. Perdoe-me jovem alegria. Resta em mim as cinzas cristalizadas de pavor. Deixe-me grande águia, pois já não tenho tamanha fé para defender-me de minhas azas cortadas e perdidas. Deixe-me com os fantasmas do silêncio que restou.

sábado, 25 de dezembro de 2010

Nós somos (...)


Nós somos a gota d'água no deserto
Somos o pedaço de céu
Somos a palavra escrita
Somos uma parte do mel
Nós somos fantasia
Nós somos nossos sonhos
Nosso amor é ousadia
Nosso enlaçe matrimônio
Nós somos a matéria
Somos esperança
Somos força e fraqueza
Somos liderança
Nós somos o amor
Somos a paixão
Somos a marca feminina
Somos a criança faminta
Somos luz em oração

s2



E natal é sinônimo de família. E eu queria muito que você estivesse comigo meu amor. Te amo s2

Feliz Natal

Ontem, desesperadamente, minha angústia surgia tão rápido que não pudia parar. Queria estar contigo, queria poder ter você e queria poder lhe abraçar. Queria olhar em teus olhos de menina e em teu ar de mulher. Queria poder lhe abraçar e lhe desejar Feliz Natal, porém eu sei que Deus abençoa o nosso amor. Ano que vem eu te prometo ... vou estar contigo e preconceito nenhum vai me deixar longe de você.
Feliz Natal para todos e lembrem-se, o amor é amor, em todos os lugares.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Mar de gente.

Um cigarro entre os dedos, a janela entreaberta; Meus olhos penetrando o interior, aguardando a sentinela. O vazio escurecido, como num abismo morto, e o espelho quebrado, me causando desconforto. A fumaça pairava sobre o ar, esquentando meus fracos pulmões e o adorno da eloquência de viver me puxava com sua mão. Era o vento me chamando, o abismo me gritando, a luz escurecida e a bruma lá no céu. Num mar de gente, escondi minha alma. Juro que procurei, mas se escondeu com minhas falhas. Minha caneta em outra mão, e meus olhos na escuridão. Como se nada existisse, como se o vazio me consumisse. Toda vez que gritasse, não ouviriam. Toda vez que corresse não me veriam. Toda vez que chorasse não perceberiam. Mescla de atitudes de prazer com virtudes do alento do negro do céu. Naquele mar de almas me encontrei, como me encontro no papel. Me invadiram, me levaram. Me esquentaram e esfriaram. A bebida quente misturava, a garganta fria que gritava, e meu socorro não atendido, como minhas mãos esticadas contra o nada. Mas a janela ainda era entreaberta, e o cigarro já não mais existia, pois as cinzas daquela droga se misturaram com as cinzas do corpo que jazia a minha vida. E as lágrimas antes existentes se sacrificaram, caíram misturando as gotas da chuva que adornavam. Eu, tão sórdida mulher. Amante da morte, de um vazio qualquer. Meus punhos caídos, jaziam sangue sobre o chão, com o espelho quebrado que um dia cortou minhas mãos. Nuvem áspera, da dureza dos meus sonhos, caídos ao relento, distante, perdurante, sem sobrenome. Eu, vazia e cheia, do cheiro da vida, do cheiro da morte, do cheiro do abismo, do cheiro das virtudes. Eu, neste mar de almas. Neste mar de gente. Neste mar negro. Eu, nesta morte incoerente, de prazeres docentes, de vida carnal. Neste vazio que me leve, dentre a solidão de quem um dia viveu para viver, e morreu para viver. Nesta alma encardida, neste querido relento, neste fundo sem fundo de um céu sem estrelas.

Há medo.

Estranhamente me desmancho
Encontro meu pranto
Para nos teus braços me recolher
Contemplando os teus olhos
Para encontrar o céu
Chegar perto de Deus
Encarar meu choro,
Que adormece
Sob o calento de tuas mãos
Penetrando em minha vida
Esta eterna mulher;

E sob mim há medo
Há vergonha e compaixão
Há desejos e sonhos
Há solidão
Dentro de mim há medo
Há traumas escondidos
Há mais medo e solião
Neste mundo encardido
Dentro de mim há lealdade
Há amor e paixão
Há medo da perda
Medo da ilusão
Dentro de mim há pesadelos
Há vergonha e força
Há fraqueza e incoerência
Pois a morte; consumiu minha carne.

Virei (...)

Olhos tortuosos e sombrios; ao olhar da ventania
Do sopro ao suspiro,indo embora toda a vida
Na eloquência de enchergar, não enchergo o que encherguei
Virei metamorfose, um vírus exalente das veias
Virei pedaço de morte; virei pedaço de céu
Virei pedaço de sangue; virei pedaço de papel

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Formatura (.....

Queria você comigo hoje. Queria muito.
Te amo

As vezes.

As vezes sinto-me como um livro, e o êxtase das palavras invadem minha mente. Sopram e devastam meu corpo. Tranquila, calma, pavorosa, sensível. Forte, além de tudo, fraca. O vento, meu principal aliado, remonta os pedaços que encorajam minhas virtudes. Encontre o caminho do meu céu, onde me mostro em lápis ou caneta, quem sabe em um papel. Ousada, covarde, serei tudo aquilo que eu quiser.

Mais que paixão.

Sinto-me como num dia chuvoso
Arremessado sobre as nuvens pretas
E lá de dentro vejo teus olhos
Que saem para me salvar
O pôr - do -sol reverenciou o nosso amor
E o que restava dele beijava o mar

Nas minhas mãos atadas sobre meu sorriso
As lágrimas podiam evidenciar
O amor era tanto entre nós duas
Me fez retornar ao grande luar

Sentadas na areia molhada, diante de toda aquela paixão
Eu adoro jurar te amor eterno
Segurar a tua mão
Nos mais medos que gorjeam nossa mente
O medo da separação
Nós duas sabemos que isso não se dará nunca
Pois nós nos amamos para sempre
Isso é mais do que paixão.

sábado, 27 de novembro de 2010

Feliz 8 meses s2

São exatamente 8 meses e mais uma vez, estou aqui, para poder prestigiar esse dia que é meu e seu, só nosso. Quando eu tento parar para pensar, me sinto feliz e completamente realizada. Você conseguiu transformar a minha vida e meus sonhos em realidade. Sei que nunca ninguém será capaz de entender esse absurdo sentimento, porque é, completamente grande, e nada neste mundo é capaz de medi-lo, nem eu e nem você, quem sabe Deus. Sempre estarei ao teu lado, no teu sorriso ou nas tuas lágrimas, porque eu estou disposta a te apoiar e te segurar no teu caminho. Agradeço a Deus por ter colocado você na minha vida e por ter dado a mim a grandeza de poder ter a oportunidade de perceber o que realmente foi bom , é e sempre será para mim, para minha vida, para meu caminho e para a minha felicidade. Um dia, eu tenho a extrema certeza de que poderemos estar juntas sem qualquer impecilho ou qualquer motivo que nos faça estar sem a outra. Minha linda, meu anjo, você caiu em minha vida como um grande presente e eu fico feliz por perceber que te encontrei. Meu sorriso é outro e minha esperança existe. A esperança no amor. Você me fez acreditar no amor, me fez perceber e entrar em um mundo completamente diferente do que eu estava vivendo. São 8 meses, e nesses 8 meses eu começei a perceber o porquê tive que amadurecer tanto. Isso tudo porque estava chegando à minha vida uma pessoa tão especial como você. Tenho que agradecer tanto por você ter entrado em minha vida meu amor. Posso chorar? Ando emocionada demais só em perceber o quanto eu te amo, meu coração parece pular e minha pele gela, pois só esquenta quando eu tenho você para me aquecer. Preciso que você fique ao meu lado para sempre, preciso olhar em teus olhos eternamente, preciso sentir o teu beijo e perceber o teu sorriso, me passando a felicidade do nosso amor, e do nosso enlaçe perante a vida.
É como o mar que nos abençoa, como o sol que nos esquenta e como a lua que faz nosso amor brilhar. É como tudo o que eu sempre te disse, como todas as juras e promessas que eu sempre recitei ao pé do teu ouvido. Como todas as vezes em que eu dormi e acordei ao teu lado. Eu não consigo ficar longe de você nem um minuto sequer. É como tirar um pedaço de mim ou uma parte da minha alma.
MEU AMOR ... eu preciso de você a qualquer momento e qualquer hora. Nunca amei como eu te amo. Teu amor está cravado em mim e em minha pele, tanto que, não consegue mais sem ti. Eu não consigo respirar sem você, eu não consigo seguir meu caminho, muito menos alcançar meus sonhos. Porque meu sonho é você, porém, real.
Feliz 8 meses, e feliz 6 meses de namoro. Eu preciso de você para enchergar e para viver.
AOF s2

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Óh Deus! Dei-me forças;

Óh Deus, que verão mais frio
Que sol mais gelado
Que areia mais dura
Óh Deus! Sou mera amante
Do destino ocupante
Da ousadia em mulher
Óh Deus! Meus passos errantes
Poderios perdurantes
Do mais puro prazer
Óh Deus! Meus gritos de pavor
Minhas lágrimas de horror
Minha sede de amor
Óh Deus! Cadê a minha esperança?
Nos olhos de criança
Que um dia se matou
Óh Deus! Revivo os meus lábios
Para palavras errantes
Quem sabe do meu ser
Óh Deus! Cadê a irmandade
O amor, a igualdade
Nesta vida tão banal
Óh Deus! Há gente morrendo
Vidas corroendo
Fogo ao amor
Óh Deus! Dei-me força
Para encarar os homens
Que destroem a vida humana.

Ainda não sei

Desde que percebi que o que existe dentro de mim é muito mais do que pensava, tornei-me assim. Talvez seja por ser diferente ou não, quem sabe. Queria poder viver sem aparências. Queria ainda, desenhar o que vivo apenas pela sobrevivência. Talvez por isso tudo o que meu coração desejava e acreditava morreu ... pouco a pouco. Foi morrendo e indo embora sobre meus dedos, deixando apenas a vontade de poder acreditar novamente. Não posso parar para pensar, muito menos tentar dizer o que se passa aqui dentro. Vou confessar que eu ainda não sei.Não sei de uma maneira desvairada, como se jogasse em um poço fundo, o pedaço do meu coração ou da minha mente. Como se a razão fosse parecida com meus sentimentos, ou quem sabe, mais importante. O que tenho a declarar é que, nada neste mundo é maior do que eu sinto dentro de mim. Falando a verdade, ainda não sei o quão grande é, talvez nunca saiba, talvez nunca descubra. Se eu pudesse observar a mim mesma ao olhar meu horrivel aspecto de medo ao espelho, descobriria o que vem a ser importante dentro de mim ... o único do qual sei ser importante é o amor que cresce e crese aqui dentro. Agarrada ao que chamo de vida, vivo aqui intensamente, pois a palavra nunca dita atravessa meu olhar. O amor que aqui dentro de mim emana faz com que eu atravesse o mundo, atravesse meu abismo e meu poço sem final, já que tudo é apenas amor e paixão, e eu vivo com propósitos diferentes dos queia eu vivia.

Te dou minha vida.

Sentei-me ao nada quando a amargura resolveu me abraçar
Rezei para que meu céu me livrasse de toda a dor
Mas a melancolia me invadiu, me matou
E as ondas eu percebi nos teus olhos junto ao meu
Mas o frio congelou, ou quem sabe me tirou
Quando o gélido sabor da saudade me consumiu
Me pegou, me beijou.

Eu te procuro em cada detalhe
Em cada pedaço dentro de mim
Pois cada pedaço que existe eu vejo você
Grito por ti, sinto teu ar
E se não tiveres ar
Te darei o meu
Pois nada é mais importante que você
nem meu próprio eu.

Mas o amargo sabor da saudade
Que eu insito em sentir
É tão forte que mata meus sentidos
e clama chamando por ti
Em cada passo que eu dou
Em cada pedaço desta terra
Teu amor me consumiu
E eu ajoelheiei aguardando a sentinela

Dos amantes apaixonados
Você é a minha inspiração
Somos amigas e mulheres
Vivendo uma louca paixão
E o preconceito que se cuide
Isso aqui já tem nome
Se chama amor

Eu te amo com todo meu ar
E meu corpo, e meu coração
Dentro de mim você manda
E eu esqueço a solidão
Dentro de mim você emana
Como raios revivendo em mim
A vida e a paixão

Depois do mundo.

Andei descalça sobre o chão gelado, para então, poder sentir a minha respiração mais lenta. O vento batia sobre meu rosto, e meus olhos misturavam as lágrimas de medo com as correntes que batiam incansavelmente em meu corpo. Para então, perceber que aquilo era apenas um sonho.

Existia a lua, existia o mar, e ao longe eu podia ver o teu rosto e teus olhos brilhando para mim, distantes. Atravessei o deserto que aparecia, e lutei contra os fantasmas e contra os gemidos vindo das montanhas. Conta os lobos e seus desesperados sonhos uivantes. Caí, mas te observei com as mãos esticadas, para que então eu pudesse segurá-las e correr para o nada, onde só existisse você.

Depois de lutar contra mim e contra o mundo, te encontrei. Depois de encontrar a morte, encontrei a vida que começava ao teu lado. O chão ainda gelado, cobria meu corpo, mas a felicidade em te ter me fazia reerguer como a chama do carvão, e a fênix das cinzas.

sábado, 13 de novembro de 2010

Vestibular.

Ei gente, vou ficar um pouquinho sem postar aqui, essa vida de vestibular anda acabando comigo. Estou com tempo para namorar *-* e estudar. Porém, vou escrever e quando eu postar, posto logo de uma vez tudo bem? São provas e mais provas. E enem ¬¬ Ninguém merece enem eim. Enfim, assim quando der eu entro e posto aqui.
E ah, quero agradecer novamente a minhas leitoras que defenderam meus posts no Blog da menina que anda copiando e dizendo que são dela. Vou postar para vocês assim que der também *-*

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Te amo.

Apostei minhas fichas em você. Apostei a minha vida em você. Meu amor e minha felicidade, minha paixão e minha verdade. Eu farei de TUDO para te ver feliz e poder ter a vida que sempre sonhamos juntas. Não importa a força que tenha do outro lado, o lado do nosso amor é mais forte mesmo sendo apenas nós duas segurando. O nosso amor é mais força do que todas as mãos do mundo inteiro que queiram nos separar. Nós somos a ousadia e o sorriso sincero neste mundo que nada serve. Nosso amor serve. Nossa felicidade cabe apenas a minha e a você. Por isso, não se intimide a nada, eu estarei segurando a sua mão para protegê-la da mais difícil tempestade. Porque eu te amo e é você que eu quero para seguir o rumo da minha caminhada.

Desde que nasci.

Desde que nasci, estive presa a alguma coisa dentro de mim. Para falar a verdade, demorei para saber o que era. Demorei demais, até finalmente alcançar o que sempre esteve guardado aqui. Desde muito tempo, me sentia diferente. Diferente demais dos outros. Desde muito tempo eu chorava toda noite e tentava descobrir o que era e o porquê de ser assim e de me rasgar por dentro, cortar. Depois de muito, de lutar contra tudo o que existia dentro de mim, de colocar exposto o que eu realmente era - o que eu realmente sou - ; Descobri que o que eu sou é diferente do mundo. Diferente do mundo. Talvez diferente do que o mundo ache ser o certo. Diferente de uma convenção e diferente do que vem sendo dito a anos. Porém, eu me aceitei. Já pensou o quão difícil é os outros não aceitarem você? Imagina então como deve ser você mesmo não se aceitar? É completamente difícil, e eu, estive inerte diante de tudo o que descobri. Demorei para também conseguir aceitar ser diferente. Mas quer saber? É bom ser diferente. Só não é bom quando essa diferença de vida ameaça a felicidade de um amor a duas, como quer ameaçar agora. É amor e difícil dos outros entenderem. Eu estive em conflito dentro do que posso chamar de eu. Sim, eu estive em conflitos tão internos capaz de irem rasgando meu peito, como facadas e como rasgões. Sentir inferior não é tão legal assim. E porquê se sentir inferior por amar diferente? Eu me aceitei. Daí, foi mais fácil talvez os mais íntimos me aceitarem. " Mais fácil " , sobretudo muito mais complicado. É difícil também ter de ser trancada no que é. Porém, a partir do momento em que me respeitei e enfrentei a vida até agora, consegui caminhar. Se Deus estiver do meu lado- Se ele realmente existe e quer ver a felicidade- tenho a certeza de que ele está sim ao meu lado. Um dia, todos os conflitos que ainda me aparecem desapareçam, talvez não. Eu sou um conflito dentro de mim. Quando sorriu, meu sorriso sincero está lá em meu olhar, para o amor da minha vida. Então, hoje eu tenho mais força. Tenho mais força para enfrente tudo. TUDO! Por você.

Nosso sacrifício.

Queria tanto saber o que o amanhã reserva. Ou não. Talvez o amanhã seja a vida fantasiada de morte, ou quem sabe o sorriso fantasiado de lágrimas. A única coisa da qual sei que nunca vai se fantasiar é o nosso amor. O nosso amor. É tão puro e verdadeiro capaz de se mostrar com o mais sincero dos sorrisos e o mais puro das lágrimas. Você ... disse que me ama de maneiras completamente inexplicáveis e de maneiras surreais. É o tanto que eu amo você. É o tanto que meu amor alcança o teu. Você ... disse que não quer mostrar apenas o teu amor á mim, quer mostrar também ao mundo. O tanto que eu quero mostrar também ao mundo o quanto meu sentimento é imenso, é enorme, tanto que não cabe dentro do que posso chamar de "mim". Sobretudo, a vida é feita de escolhas e sacrifícios. Hoje, eu sofro qualquer um para poder te ter ao meu lado. Hoje, eu posso chorar todas as lágrimas que existem em mim e posso matar todos os sorrisos que me arrebatem, apenas para poder sorrir junto a você e chorar de alegria por te ver, não só hoje, mas sim pelo resto de minha vida. Lembra quando jurei amor eterno debaixo da lua, sentada na areia gelada, sentindo a brisa vinda do mar espalmar nosso rosto? E a bruma bagunçava nossos cabelos? Senti que o mundo abençoava nosso amor, e que minha promessa ia se cumprir para sempre. Hoje, eu vou fazer qualquer sacrifício por você - menos o de te deixar - já que nunca o farei. Porém, qualquer sacrifício que me faça te ter feliz ao meu lado será o suficiente para que meu coração viva, e para que minha cabeça consiga ensiná-lo a entender o que é melhor para conseguirmos viver uma ao lado da outra.

"Eu te amo Andressa. Eu preciso de você para respirar e para seguir o rumo da minha vida. Minhas mãos estão estendidas para segurar você e para te apoiar em qualquer decisão, já que sei que eu também sou o seu grande amor. Como já nos disseram - O ser humano só ama duas vezes na vida - O errado dessa frase é a que, amar como eu amo você nunca amei ninguém, mas você vai ser a última. Depois de você não vai mais existir vida para mim. Vou viver e morrer ao teu lado, pois sem você eu renuncio a toda a minha felicidade e ao que chamo de vida"

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Coração de saudade.

                  Teu cheiro em meu quarto
                  Entranha em mim como garras
                  Eu procuro por você em toda parte
                  E em meu coração acho por ti
                  Mas a saudade me corta
                  Arrebenta minhas veias
                  E meu sangue pulsa
                  Congela e arde
                  Dentro do meu corpo
                  Meus olhos ardem
                  Minha pele gela
                  Meus pelos arrepiam
                  De saudade de ti
                  Pareço morrer em lágrimas
                  Me afogar em desalento
                  E esta saudade
                  Me mata em pensamentos
                  Volto a posição fetal
                  E teu cheiro eu novamente procuro
                  No lençol de minha cama
                  Dos vestígios de suspiro
                  Minha eterna amada
                  Onde está o teu calor?
                  Nesta noite pavorosa
                  Nesta madrugada de terror?
                  Meu coração de nuvens
                  Em terra falece
                  Esta saudade me mata
                  Preciso te encontrar
                  Olhar em teus olhos
                  Respirar o teu ar
                  Porque eu te amo
                  E preciso de você
                  Estou morrendo
                  Venha me ver?
                  Porque eu te amo
                  E preciso de você
                  Dos teus olhos ardentes
                  Precisando te ver

Não tenha medo.

Quero te dizer uma coisa: - Não tenha medo.
Não tenha medo, porque eu estarei ao teu lado em todos os momentos. Até nos momentos em que eu não posso estar na tua frente para te abraçar e segurar a tua mão. Eu sempre vou estar contigo mesmo que queiram te tirar de mim. Sabe porque? Por que nunca vão me tirar de você e nunca vão tirar você de mim. Nós vamos enfrentar juntas muitas coisas e você sabe disso, eu sei disso, todo mundo sabe. Porém, eu estarei com minhas mãos estendidas e com meus braços abertos para te segurar e te abraçar quando quiserem derrubar você. Quer saber? Eu prefiro cair ao deixar que te derrubem.
Eu também tenho medo, e um medo muito grande, talvez imaginável.
Controle as suas lágrimas, ou não. Eu estarei contigo quando elas tentarem te afogar ou tentarem secar o teu sorriso.
Não deixe os pensamentos atormentarem você, tenho a certeza de que o seu amor é maior do que qualquer monstro e qualquer fantasma que tente transformar teus sonhos em pesadelos. Você, é o grande sonho da minha vida, portanto nada é capaz de ser maior ou de diminuir tudo o que eu sinto por você.
Nada é fácil. A vida não é fácil. O amor não é fácil. A felicidade não é fácil.
Nós precisamos conseguir transformar os obstáculos em força e em maturidade. Nós já estamos enfrentando muitos desses, porém são poucos se comparados a vida que queremos ter uma ao lado da outra. Nós enfrentamos tudo, e tudo o que conseguimos hoje conquistamos com a nossa força e com o nosso amor.
Não deixe que o medo tome conta de você, e eu farei o mesmo, sempre fiz e sempre farei. Temos uma vida pela frente, minha e sua. Só nossa. Escolhemos o caminho mais difícil - O caminho do amor - e é esse amor que vai nos dar força para enfrentar o que virá aí em nossa frente. Posso respirar em paz sabendo que o seu amor é grande o suficiente capaz de derrubar barreiras, assim como o meu. Fico feliz por saber que me ama como eu lhe amo. Eu te amo tanto. Nunca ninguém será capaz de medir ou de destruir o amor que eu sinto por você.
É por isso que eu tenho um compromisso contigo, já que meu amor é capaz de mover céus e terras.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Esperança

Eu conheçi uma menina. Tão jovem, sincera e meiga. Tão linda e simpática. Tão perfeita. Depois de algum tempo, ela conseguiu mudar a minha vida, fazendo com que ela se transformasse e virasse outra. Como uma nuvem de tempestade, o que eu sentia antes de a conheçer, passou. Dentro de mim desabroxou a flor do amor. A rosa da felicidade e a esperança ao olhar em seus olhos. Eu sonhei com o dia no qual pudesse pegá-la em meu colo e colocá-la para dormir. Eu sonhava com o dia em que pudesse abraçá-la e pedi-la em casamento. Essa menina mudou a minha vida ... para melhor. Essa menina, deu vida a minha esperança e luz a minha felicidade. EU? Cultivei. Hoje, eu ainda cultivo, e sei que num futuro bem próxima, poderei ter a vida que me fará bem, ao lado dela. Ao lado do grande amor da minha vida, pois nosso amor é forte e nossa história nunca vai ter um fim.

Meu futuro.

Me vi ali, diante de ti. Parecia algo incomum, pois ao encontrar teu olhar diante do mundo, os meus olhos sedentos penetraram os teus, como o fogo em chamas. Chamas, assim o meu grande amor por você. Saiba que,ao longo de minha vida, você foi a última esperança que podia ter aparecido para que, eu pudesse voltar a viver. Só assim, eu entendi que encontrei, enfim, o grande motivo de eu estar aqui hoje. E você, apenas você, conquistou a minh'alma pelo olhar, pelo teu sorriso, até pelos teus gestos. Minha menina, minha pequena, assim, eu descobri o valor da felicidade, e o motivo pelo qual eu queira viver e queira pensar em um futuro. Que futuro! Apenas com você.

Quero poder (...)


Quero poder estar aqui até adormecer, para poder estar contigo até em teus sonhos.
Quero poder estar aqui até nas tempestades, para poder te proteger do frio que corta.
Quero poder estar aqui até em dias frios, para poder te esquentar do gélido vento.
Quero poder estar aqui até no silêncio, para poder dizer palavras pelo olhar.
Quero poder estar aqui até nas tuas dores, para poder te abraçar e te acolher.
Quero poder estar aqui até na eternidade, para poder ficar contigo até minha morte.

Ainda não sei.

Desde que percebi que o que existe dentro de mim é muito mais do que pensava, tornei-me assim. Talvez seja por ser diferente ou não, quem sabe. Queria poder viver sem aparências. Queria ainda, desenhar o que vivo apenas pela sobrevivência. Talvez por isso tudo o que meu coração desejava e acreditava morreu ... pouco a pouco. Foi morrendo e indo embora sobre meus dedos, deixando apenas a vontade de poder acreditar novamente. Não posso parar para pensar, muito menos tentar dizer o que se passa aqui dentro. Vou confessar que eu ainda não sei.Não sei de uma maneira desvairada, como se jogasse em um poço fundo, o pedaço do meu coração ou da minha mente. Como se a razão fosse parecida com meus sentimentos, ou quem sabe, mais importante. O que tenho a declarar é que, nada neste mundo é maior do que eu sinto dentro de mim. Falando a verdade, ainda não sei o quão grande é, talvez nunca saiba, talvez nunca descubra. Se eu pudesse observar a mim mesma ao olhar meu horrivel aspecto de medo ao espelho, descobriria o que vem a ser importante dentro de mim ... o único do qual sei ser importante é o amor que cresce e crese aqui dentro. Agarrada ao que chamo de vida, vivo aqui intensamente, pois a palavra nunca dita atravessa meu olhar. O amor que aqui dentro de mim emana faz com que eu atravesse o mundo, atravesse meu abismo e meu poço sem final, já que tudo é apenas amor e paixão, e eu vivo com propósitos diferentes dos queia eu vivia.

Sonho.



Meu Deus, meus pés agora voam
Minha'alma é triste
Tristeza de criança
Ei de adormecer
De tudo , outrora acontecer
Eis aí o fantasma
De um sonho
Sonhado em perder
Bebe do teu sangue
Estagnado perante o suspiro
Trazendo areia ao deserto
Dizendo-me cantigas
Para dormir, voando
Sob águas renascer
Estes olhos de criança
Que tece a alma - perdida - encontrada
Desesperada
Onde achas o caminho
Do fogo que queima
Esta letal vivência

Encontrei você.

O que faria, se sempre existisse essa grande mudança? Mas e se não houvesse? O que eu faria? Como eu seria? Sabe, as vezes não gosto muito de pensar, não gosto muito de onde eu chego. É simplismente novidade, sempre, sem saber a qual lugar eu possa imaginar chegar para viver. Eu vivo, e escrevo. Porém, todas as vezes que eu escrevo, eu não encontro o que eu realmente quero, mas talvez eu não queira, não sei. Estou confusa em relação a vida. Sei que , algum dia pode tudo mudar, mas para falar a verdade, eu não quero que nada mais mude, sinceramente. Eu não posso, e não estou disposta a aceitar outra grande mudança nesta vida, talvez em outra, se existir. Eu quero, para sempre, ficar com você, e quero para sempre ser feliz. Sei que sou feliz hoje com você, talvez o quante mude seja para sermos ainda mais felizes. Sabe, eu já senti tanto medo. Medo de não amar ninguém, ou medo de amar demais e não conseguir lidar com esse amor, ou talvez medo de amar mais que minha vida. Isso aconteceu, eu não pude controlar e você, talvez saiba disso. Mas, eu não sabia que esse medo não era nada se comparado ao medo de perder você. Perdendo você, eu perco a minha vida. Para te falar a verdade, eu não sabia o que era vida, nem o que era viver. Talvez eu vivesse para ainda, conseguir viver, no dia que chegasse. E chegou. Hoje eu sei o que significa a vida. Antes, o que era vida? Talvez, eu sempre vivesse feliz, mas agora, eu encontrei uma felicidade que eu nunca havia encontrado. Você.

Queridos!

Queridas senhoras! Vim por meio destas palavras avisar que, estou morrendo. Quando começar ou voltar a viver volto aqui. Vim sobretudo denunciar o que meus olhos já estão insistindo em mostrar. Também posso reclamar com os céus, quem sabe. Vim aqui, deixar bem claro que ainda estou morrendo, pouco a pouco. Quero mostrar o quanto meu coração começa a parar de bater, e essas batidas vão cortando minha carne e despedaçando cada pedaçinho do meu ser. O espelho está quebrado. Não existem mais reflexos, nem sangue. Este sangue de minhas veias escorre de meus dedos e a ignorância de meus olhos escondem a dor, escondem a irresponsabilidade de viver. Vim mostrar a vocês o quanto estou morrendo. Estão vendo? Ainda ouço risadas. Meus dedos estão tremendo e meu corpo caindo. Minha garganta gritando pedidos de socorro, porém, quanto mais grita, mais pedaços de vidros saem de dentro de mim e cortam, estrangulam e matam minha pulsação. Queridas senhoras! Em suma, vou dizendo as últimas palavras para regularizar os suspiros de agonia que por fim, se soltaram das gotas de ar que restaram.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Que saudade!



Você não pode imaginar o quanto meu coração ficou exaltado ao ouvir a tua voz. Ele está pulando, e minha respiração está alterada. Nunca imaginei ser capaz de sentir isso. O que é isso? Eu tenho certeza de que é amor. Eu preciso, eu PRECISO do teu abraço meu amor. Eu preciso do teu beijo, eu preciso do teu corpo. Meu amor, eu quero tanto poder te ver logo. Que lágrimas são essas? Pode me responder? São lágrimas de saudade. Que saudade! QUE SAUDADE! Como te dizer que eu estou sentindo isso? Não sei, eu não sei e não posso explicar. Meu amor, volta logo para meus braços, volta logo para mim! Meu amor. Meu amor. Volta logo e me beije, faça de mim novamente tua de corpo e de alma. Quero poder novamente sentir o teu perfume. É estranho, completamente estranho o que estou sentindo. Que saudade arrepiante. A tua voz está me fazendo viajar. Volta logo para mim.

Meu amor é teu.

                  Meu amor é puro
                  Puro como o amor de uma criança
                  É sublime, é verdade
                  É bonito, é teu.

                  Meu amor é meta
                  É compreensão
                  É carência
                  É meio, total da multidão

                  Meu amor é tua casa
                  Teus braços, teu consolo
                  A tua morada
                  Teu atual conforto

Não aguento sem você.

                  Não quero mais saudade
                  Quero teu corpo
                  Com meu corpo
                  Arrepiando minha carne

                  Não aguento esta solidão
                  Preciso me entregar
                  Olhar em teu olhar
                  Respirar o teu ar

                  Não aguento não te ver
                  Necessito te beijar
                  Me recolher em teus braços
                  Nadar em teus lábios

                  Não aguento mais esta escuridão
                  Preciso da tua luz
                  Que me faz caminhar
                  Te amar

Sobreviva neste mundo. Sem medo!


Você já sentiu medo em decepcionar as pessoas que mais te amam? As que mais você ama? Talvez isso mexa com nosso interior, mexa com nossos sentimentos mais pavorosos. É estranho ter de conviver com a culpa de não ter sido o que sempre querem que você seja. Porém, só existe uma vida e essa vida é a que vivemos agora. Não tenha medo do inevitável, não tenha medo da vida paralela a dos demais e principalmente não tenha medo da felicidade. Tudo que é para ser, vai ser. Preciso viver, assim como você e assim como todos nós. Eu que tanto queria ser livre, hoje achei a melhor maneira de estar completamente presa. Cuidado! Esse medo do desconheçido, este medo da fraqueza ou da força escondida dentro de você pode fazer com que tudo acabe. Eu luto e sempre vou lutar, por saber que sempre terei comigo a maior força de todas para conseguir enfrentar o mundo. Eu, não escolhi quem amar e muito menos a maneira de amar, contudo, escolhi o caminho ao qual devo percorrer. Qual caminho você quer percorrer? Para você que tem medo de caminhar, cuidado com a mão que vai lhe levantar. Nesta vida toda que vivi, muitos braços falsos me puxaram do ruim e me levaram ao pior. Quero deixar claro que, hoje estou tão em paz comigo que é quase impossível destruirem essa imagem interior. Sobretudo, viva. Sem medo e com cuidado. E para você que sempre lê o que posto aqui, saiba que a vida é cheia de mistérios. Não tenha medo, pois com inteligência e fé, você chega aonde quer.

Eternidade?

Se eu pudesse descobrir o que eu sou, realmente seria mais fácil. Porém, seria difícil reconheçer saber quem eu realmente sou, que esse sou é mais pensado em nós. Hoje, não existe esse sou, foi completado pelo nós. Não existo mais sozinha nem me sinto sozinha. As palavras tomam conta da minha mente, e meu eu está recomposto e nasçe todos os dias. Agora sim, eu descobri o ciclo da vida. É uma pena que eu ainda não saiba quem posso me tornar, se bem que estou tão satisfeita com o que eu sou agora que para descobrir o que serei durará tempos, quem sabe vidas ou a eternidade. O que seria a eternidade? Antigamente, pensava que seria bom viver para sempre e conheçer novos mundos, ou novas pessoas. E agora? Se eu vivesse para sempre e tivesse que vivenciar o adeus? O Adeus é absolutamente mais duro do que a vida eterna. Não quero vida eterna, tenha certeza que você eu quero eternamente.

Este mundo.


Nossas vidas são moldadas pelos nossos pensamentos, muito mais que isso, são moldadas pela nossa capacidade de imaginar o tal feito e de fazê-lo acontecer. Quando nascemos somos outorgados por esse sistema de limitações, onde você é apenas um indivíduo em meio a sociedade e precisa, sobretudo, viver em um conceito imposto pelo preconceito, sem saber que o que pregam desde pequenos é o próprio preconceito. Quando viemos a este mundo e percebemos que vivemos em uma grande sociedade e ali nosso domínio cresce, sendo que é uma característica do próprio ser humano. Somos guiados pelas nossas vontades, pelos nossos sonhos e principalmente pelas nossas perplexas vontades de conviver em um dia a dia "normal". O que nos mantém aqui.Talvez o medo de viver uma vida diferente ou paralela a tudo que já foi imposto faz com que a verdadeira felicidade deixe de ser alcançada. Estimo que, se fossemos menos preconceituosos e se olhássemos com outros olhos cada vivência, seria tudo diferente. Em nossa mente há imagens, e precisamos ser o protagonista destas imagens, deste grande cenário de vida. O medo do novo - o próprio ego- onde podemos chegar para conseguir o que nos é imposto? Queria tanto poder mudar um pouco do mundo em que vivo, sei que não posso, ao menos começo por mim. Você deveria começar por você, não acha?

Há dias ...

Há dias em que o sol não pode brilhar, e as estrelas não podem penetrar. Há dias em que, meus pés não encontram a estrada, em que minhas mãos não encontram o sorriso nos meus lábios. Há dias em que eu não posso viver, em que não posso deixar meus olhos brilharem. Há dias em que eu não posso te ver, assim, meu mundo simplismente perde a cor e meu caminho não tem mais rumo. Há dias em que a saudade é mais forte do que meu corpo, e não posso evitar que caia. Não posso evitar que pare de viver toda vez em que não está aqui. Sei que amanhã vou poder caminhar de mãos dadas contigo, só assim posso sobreviver a qualquer naufrágio.

Só você²

Meu sangue esquentou enquanto minha garganta sangrava. Meus olhos escureceram e não podia olhar em teus olhos. Meu coração passou da raiva para a mágoa e meu corpo tremia. Estava apertado bem aqui dentro. Não podia acreditar. Ou podia? Não podia deixar mentiras invadirem o nosso amor. Foi como passar do céu para o inferno. Porém um inferno frio, onde o gelo da tempestade invadia o teu quarto... o nosso quarto. Agora eu aprendi que não importa mais nada, nada. Só você.

Aquela noite.

Foi uma noite onde eu parecia estar no inferno, mas os teus olhos faziam a neblina desaparecer. Foi impossível te ver e não te sentir, e ali diante de ti encontrei uma dor na qual nunca havia sentido. Porém senti, chorei. Encontrei uma escuridão tão forte que meu corpo já estava sem força e sem chão. Num momento só meu e seu, encontramos uma tempestade que fez nosso amor ficar inerte e sem vida. A cada vez que meus olhos apagavam e se abriam vendo você longe, meu coração parava e meu peito apertava tão forte que não ... eu não conseguia mover meu corpo. Depois que, teus braços voltaram a ser meus que consegui sentir o sabor do inesperado e o sabor do mais forte e puro amor. Teu beijo me trouxe de volta á vida e teu abraço me deu força. Só então voltei ao mundo, e renasci.

Vício

É um vício; Grande vicioso
De palavras escritas; apenas em olhar
De calores intensos; de frio ameno
Em cada taça que reviva
Em cada silêncio que penetre
Talvez esse silêncio acompanhe
Estas palavras nunca ditas
Diante de dois amantes
Nesta terra prometida

sábado, 16 de outubro de 2010

Saudade

Bom, estou sem internt, tenho que postar TANTA coisa. Não só aqui, mas como nos outros Blogs também. Prometo que assim que estiver, volto a postar.
Meu amor, estou com tanta saudade de você. O tempo parece ter parado, e eu não consigo viver. Esses dias estão sendo insuportáveis sem poder ao menos ouvir a sua voz quente e doce. Sem ao menos poder sentir o teu corpo e teus lábios. Está difícil e a saudade vai aumentando ... aumentando. O que pelo menos me salva disso tudo é saber que daqui a alguns dias eu vou poder sentir você, sentir o teu amor e ver teu brilho. Desse brilho de onde eu tiro a luz para caminhar, teha certeza. Saiba que esses dias eu não consegui parar de pensar em você um minuto se quer, e meu coração está apertado esperando para você chegar. Vem meu amor ! Venha Logo! Não estou aguentando essa saudade de você. Preciso do teu abraço, do teu Bom Dia e Boa Noite. O que sã das minhas noites sem a tua voz e sem o teu beijo? Nada. NADA. Estou me sendindo morta, completamente morta.
Eu te amo muito minhavida, volta logo para mim.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Nômade ¬¬

Amanhã estou mudando, novamente. Pareço nômade, mas assim a vida vai mudando, sempre. Ficarei sem postar até colocarem internet lá. Não entro mais diariamente para postar aqui, mas assim que der, eu venho. Prometo postar assim que estiver com o acesso.
Obrigada (:

É como você.

É como o verão, como a primavera
É como o canto dos pássaros
É como o germinar das flores
É como o fogo
É como a luz
É tão intenso
É verdadeiro
É amor de verdade
É simplicidade
É lealdade
É cumplicidade
É como o sol
É como a lua
É como as estrelas
É como um sonho
É a minha realidade.

Minha Donzela (...)

                  Estava eu ali, de frente ao mar
                  Olhando a donzela, tentando se afogar
                  Dissestes-acrescentando-venha até mim
                  Em minhas mãos deixastes uma rosa
                  Tão vermelha como teus olhos
                  Por fim.
                                    Exaltando gentileza, parecia mais
                                    Um castelo em seus olhos
                                    Cintilando sobre as bordas
                                    Diante de um céu, azul turquesa
                                    A vida lhe apanhou, e como a águia
                                    Voou daqui.

                                            Descrente - O castelo - sozinho adormeceu
                                            Olhando a donzela emergir
                                            ÓH montes que se guardam!
                                            Atrás das noites espessas
                                            Na louca fantasia
                                            De um sonho imaginável.

                                                        Voa andorinha
                                                        Sob o céu estrelado
                                                        Ache a donzela
                                                        Gorgea a um lugar apropriado
                                                        Chorando - a bela donzela -
                                                        ao castelo retornou
                                                        Com os olhos brilhantes
                                                        De quem um dia se apossou.

Viver.

                     Não chores, linda menina
                     Encare a vida: Proponho a dizer
                     Lutas constantes - assim - tem de ser
                     Não permita, óh deus que me deixe
                     Esta grande beleza de mulher
                     Com os olhos cintilantes e pardos
                     De quem a vida não ache em qualquer
                     Lute!Tenho algo a lhe dizer
                     Esta vida é ingrata, precisas
                     Tentar vencer
                     Estes pássaros não são meus
                     Gorgeam sem parar
                     Esta beleza insensata
                     Se apossou de meu olhar
                     Corra para longe deste medo
                     Você precisa sobreviver
                     Lutar contra todo preconceito
                     Sonhar para sempre
                     Viver.

Sempre com você.

Deitei.Levantei.Banheiro.Pasta.Escova.Água.Chuveiro.Quarto.Roupa.Tênis.Celular.Ônibus. Você.Escola.Celular.Você.Aula.Recreio.Celular.Você.Saída.Celular.Você.Ônibus.Você.BeijoBeliscões.Sorrisos.Abraços.Ônibus.Celular.Você.Casa.Celular.Você.Banho.Comida.Cama.Celular.Você.Televisão.Celular.Você.Telefone.Você.Televisão.Você.Telefone.Você.Cama.Celular.você.Boa noite.Eu te amo. Até amanhã. Sono.Madrugada. Sonhos. Você. E assim, sempre com você.

Você comigo. Sempre!

Você disse, meu amor não fique assim
Sempre estarei com você
Na noite mais pavorosa
Perto das mais brilhantes estrelas que nadam no céu
Eu sorri e chorei.
Nada neste mundo é capaz de saber
O tamanho do meu amor por você
Nós somos alguém neste mundo
Nós somos a gota em meio ao mar
E o nosso amor a tempestade
Onde eu estou disposta a me afogar
Dentro das milhões de palavras ditas
Dentro dos silêncios que revigoram nosso olhar
Eu digo que a amo todos os dias
Seja na noite, na manhã
Ou mesmo diante da mais bela paisagem
Onde a lua beija o mar
Eu e você apenas e basta
Quando você segura a minha mão
Daí o universo inteiro
Cabe nos dedos que formam
O contorno da tua face
Que molham minha carne
E revivem os meus olhos
Sempre
Eternamente
Assim.

Benção.

Me vejo em você, me vejo em teus olhos
Pois tua alma é o reflexo da minha felicidade
E teus olhos o espelho da minha vida
Nas batidas das canções eu posso sentir
Meu coração bate incansavelmente por ti
E nas poesias?
Eu vou tentar te resgatar todas as vezes
Nas linhas tortas
Ou no silêncio que provoca minhas palavras
Meu coração pode vibrar
Meu sangue pode esquentar
E eu estarei aqui sempre
Te chamando a caminhar
Pois o destino caminha conosco
E nosso amor é abençoado
Pela natureza
Por deus.

Sou tua mulher (...)

Intensos desejos, você pode perceber, diante de qualquer momento que eu passe contigo. Vamos! O que nos espera ali a frente? Talvez a felicidade, talvez a dor. O que há ainda é que sempre estarei contigo, no sorriso ou nas lágrimas. Posso te dizer que eu te quero para sempre? Sim! Eu sei que eu posso, porque você já sabe de tudo isso. Eu não consigo mais ... Eu não consigo respirar sem você. Você é aquela que eu pedi todas as noites. Sempre, para o resto de minha vida. E vida eterna existe? Sempre quis ser eterna, mas agora eu não quero. Se eu fosse eterna sem você, seria pior do que a morte. Esta noite, neste amanhã que nos envolve, vou gritar ao mundo que eu amo você. Eu amo teu jeito, teu sorriso e teu sabor. Amo tua pose de menina, teu olhar sedutor. Amo a tua inteligência e a tua ingenuidade de menina perdida num mundo mal. Eu posso parar para pensar? Como se eu só penso em você? Não existe mais nada, só o meu mundo que girou ao contrário depois de te conheçer, e esta noite eu quero te ter. Como te tenho todos os dias. Te ter em meus braços, agarrada em mim. Minha menina, eu sou a tua mulher. Minha menina, eu sou a mulher que cuidará de ti com a vida, e te amará mais todos os dias.

Diante da vida

Sentei diante dos vales que imaginava serem encantados, diante da lua. Tentei então esperar o sol nascer para poder sentir o calor dos raios cortando a minha pele, despedançando a minha carne. Ou caneta, ou papel, e ali encontrei o destino diante das linhas que transbordavam diante de meus olhos. Parecia estar encontrando outro mundo, e percebendo outra realidade. Diante das nuvens e do que eu chamava de sonho, eu encontrei você. Parecia ter encontrado o céu, ou tudo o que pode ser comparado a ele. Eu não consigo mais parar. Não consigo mais respirar sem você. Diante de ti, preciso lhe dizer algumas coisas. Você é a esperança da minha alma e a confortável força para minha fraqueza. Olhando para ti , preciso dizer que só existe eu e você. Eu não consigo mais respirar sem você. Diante das mais belas canções de amor, o teu nome está escrito sublinarmente em minha mente, e em todas as letras que soam diante do ar. Eu escrevo, eu revivo, eu amo você com o passar dos dias.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Num sonho.


Meu Deus, meus pés agora voam
Minha'alma é triste
Tristeza de criança
Ei de adormecer
De tudo , outrora acontecer
Eis aí o fantasma
De um sonho
Sonhado em perder
Bebe do teu sangue
Estagnado perante o suspiro
Trazendo areia ao deserto
Dizendo-me cantigas
Para dormir, voando
Sob águas renascer
Estes olhos de criança
Que tece a alma - perdida - encontrada
Desesperada
Onde achas o caminho
Do fogo que queima
Esta letal vivência

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Eu te amo.


Quando eu chegar perto de te dizer o quanto eu realmente amo você, talvez você nem acredite, porque esse amor é tão grande que é impossível medir qualquer pedaçinho de sentimento que nele existe. Sabe, é muito bom olhar para trás e ver que construí minha vida no propósito de um dia achar um amor de verdade, e não é que em você eu achei o meu amor de verdade? É bom e confortante perceber isso. Todas as noites antes de dormir eu preciso agradecer e eu agradeço, mesmo você sabendo que ultimamente eu andei crendo um pouco menos. Mas você sempre será o meu conforto diante da dor e a minha esperança diante do medo. Você, sempre será a pessoa que minha vida necessita, não apenas precisa. O ontem, o hoje e o amanhã está escrito nas linhas do nosso destino, porque quer saber? Eu não tenho mais destino, ele se misturou com o teu e hoje são apenas um, assim como o meu coração quando encontrou o teu. É maravilhoso poder sentir as batidas do coração que te mantêm viva, poder ouvir teu falar e o teu respirar diante de minha carne. Minha carne só não, sua carne. Eu pertenço a você. E a qualquer hora dos meus dias que passem, vai ser você, sempre você, a dona da minha vida. Teu sorriso, teu olhar, o teu brilho, metade de você, você inteira, me faz eu ser quem eu sou hoje. Diferente, feliz e esperançosa. Sim. Hoje eu posso ter esperança na vida e esperança na felicidade. A cada nascer do sol em que ouço a tua voz, minha alma renova toda a sua luz e assim posso viver e dormir sabendo que no dia seguinte acordarei com tua voz. Um dia, com o teu corpo, todos os dias. São 4 meses , vamos ser bem exatas, são 6 meses em que te tenho, e esses 6 meses formaram o que eu me tornei hoje ao teu lado, e o que vamos crescer juntas ainda. Eu sinto que vamos crescer juntas, de corpo e alma, e também de amor. Eu tenho certeza de que é você que eu quero e de que é você que eu preciso amar, sem medo, sem preconceito e sem falta de liberdade. Se bem que, eu não quero liberdade, quero estar presa a você todos os dias e me tornar ainda mais dependente do teu amor, se houver como. Eu sou dependente de você, sou dependente da tua vida e vou cuidar de você com toda a força que eu tiver. SEMPRE. Eu te amo muito, feliz 6 meses meu amor. Agora você é a minha noiva.

Fiz esse vídeo, não ficou como eu esperava, mas prometo que depois faço outro. Não esqueci do nosso aniversário de namoro eim. Eu preciso te mostrar um pouquinho do meu amor por você, tudo é impossível. Um dia, ainda, vou fazer a serenata que eu prometi tá bem? kk A tradução da música é essa aqui em baixo. Achei parecida com nosso amor, já que amamos tanto a lua e escrevemos tanto sobre nosso medo. Mas esse medo não existe mais, eu tenho a CERTEZA de que eu nunca vou perder você e sei que você também tem.

Joshua - Lifehouse (TRADUÇÃO)
O ar nunca esteve tão caloroso
O céu nunca esteve assim antes
Não há nada confortante na mudança
Eu não consigo achar nenhuma paz nessa confusão

Eu não consigo fazer minha mente parar de correr
E meu coração esta batendo mais rápido que nunca
Me diga isso esta realmente acontecendo
Eu não consigo dizer se estou sonhando

Noite passada
Eu te vi em pé no luar
E você pegou minha mão e nós caminhamos
Junto ao rio
E você disse
Não tenha medo, seja forte
Estou com você

Estou subindo ao topo da minha dúvida
Não deixe este medo
Pegar o melhor de mim
Por que eu acho minha confiança em você
E eu acho minha esperança
Quando eu perco controle

Noite passada
Eu te vi em pé no luar
E você pegou minha mão e nós caminhamos
Junto ao rio
E você disse
Não tenha medo, seja forte
Estou com você

Noite passada
Eu te vi em pé no luar
E você pegou minha mão e nós caminhamos
Junto ao rio
E você disse
Não tenha medo

E noite passada
Eu te vi dançando ao luar
E você pegou minha mão e nós caminhamos
Junto ao rio
E você disse
Não tenha medo, seja forte
Estou com você
Estou com você
Estou com você
Estou com você

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Te amo.

Há um lugar imaginável onde ninguém pode ser capaz de entrar, só você. Deve ser porque você é a única capaz de mudar minhas atitudes, meus sorrisos e minhas lágrimas. Quero viver para sempre com você, ao teu lado e especialmente com teu amor, pois é o fogo que queima meus olhos e faz com que meu corpo ande. É o sinal da minha existência, é a estrela do meu mundo. Brilhe para mim para sempre, pois se um dia eu não tiver este brilho, irei apagar, assim como a chama incandescente que envelhece pela manhã e apaga diante das gotas de chuva da tempestade. Fique comigo para sempre, porque eu te amo.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Te encontrei.

A luz da lua exaltou sobre o céu estrelado
E nossos corpos sambaram no interestelar diante das nuvens
Com o particular dos nossos momentos
Encarcerou nosso medo no véu
Nas ameaçadoras tempestados
Eu te encontrei no mais puro do meu mel
A estrelas brilhavam
Tão intensas percorriam
O céu era estrelado
E tuas mãos as minhas guias

Nos oceanos te encontrei
Nas mais belas paisagens do luar
E a cada pequeno detalhe te notei
Em cada extensão quando a areia beija o mar
Nas atribulações do tempo
Nos pequenos e maiores pontilhos
Eu traço em cada parte
O meu amor antes escondido

E cada verso que eu proponho a dizer
É como um turbilhão de pequenas imagens
Saem de meus olhos e alcançam tua pele
Revivem os meus sonhos
Diante de de toda e qualquer caridade

domingo, 19 de setembro de 2010

s2

Resolvemos surpreender vocês, eu a você e ele ao meu melhor amigo. Sabia o que se passava na cabeça dele, e era muito gratificante estar ali participando com meus melhores amigos de um momento muito importante para nós quatro. Só existia a luz das velas e a do nosso amor, o som pairava e sumia pelo ar que rodeava nossa respiração. Eu estava do teu lado e meu coração batia incansavelmente, forte, desesperado. Nossas rosas entregue á mão de vocês e nosso amor sendo compartilhado. Meus melhores amigos ali, brindando nosso amor eterno. Mas uma coisa você não sabia, e eu queria tanto ter te dito logo depois de te dar uma grande surpresa. Eu estava tremendo e meu coração batendo tão forte que a cadeira que segurava meu corpo parecia não ficar parada. Ali estava eu, sem conseguir te olhar, com nossas alianças em minha mão. Você imaginaria que ali eu iria te propor isso? Chegar onde cheguei? E aonde nós vamos chegar? Eu não sei, porque quem nos espera é a eternidade e ela vai nos deixar juntas para sempre. Ao menos, eu consegui te dizer que a queria para sempre e enfim poder olhar em teus olhos que se encharcavam de lágrimas e que rolavam pelo teu rosto molhando as pontas dos meus dedos que logo depois as enchugavam. Estava ali parada, com nossas alianças esperando para ser entregues e colocadas em nosso dedo para enfim enlaçar nossas vidas e juntar nosso destino com um compromisso de verdade. Você percebeu o quanto eu ainda conseguia tremer? Tanto que não conseguia ao menos encontrar o teu dedo. E eu, queria ter te dito tantas coisas, ter lhe falado tudo o que eu tinha planejado, tudo o que eu tinha pensado, mas não consegui. As palavras não queriam sair, era como se eu não estivesse em meu corpo e minha alma estivesse junta da tua , abraçadas sem quererem se soltar. Eu queria ali te dizer que minha vida pertençe a você de uma maneira tão forte que eu não penso mais em mim, penso em mim e em você. Te dizer que o para sempre vai ser eterno e que eu quero casar contigo, viver contigo, construir a minha vida ao teu lado, é.

Jantar *-*


Você sabia que hoje eu viria aqui e escreveria para você não sabia? Pois é, parece que as surpresas na minha vida andam juntando as mãos e a cada hora que vivo e que passo ao teu lado são diferentes. O destino anda reservando surpresas á nós duas, e é claro, maravilhosas. Ontem foi um dia tão especial, e as datas coincidem de um jeito que nem poderíamos imaginar. Ontem foi um dia muito especial e vou te falar que todos os dias que tenho você assim são os mais maravilhos e perfeitos da minha vida. No momento em que eu posso te ter em meus braços sem nos preocuparmos com ninguém que queira destruir o fogo da nossa paixão. Na noite em que as velas abençoavam o nosso amor, nossos amigos brindavam nossa paixão e nossos olhares se cruzavam sedentos, pedintes, implorando por um beijo e um abraço. Eu te amo muito, meu amor.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Você me conquistou.

Me abraçe forte, venha até mim
Venha me resgatar, me tirar deste fim
Me abraçe forte, me salve daqui
Venha me levar ao teu caminho
Teu caminho sem fim
Havia duas metades, todas incompletas
E hoje estou aqui, em frente a tua janela
Nestas indas e vindas que o destino deixou
Me veio você
Nisso me desespero em te ver
Conquistou o meu coração
Minha vida
Meu amor
Hoje posso dizer que lhe amo
Com todo meu ardor
Nestes imundos preconceitos insignificantes
Nosso amor vai alcançar a felicidade
Eu te prometo de hoje em diante
Sempre te dar amor de verdade

Só consigo te ver (..)

Estou de mãos atadas
Teu amor me dominou
Teu olhar me prendeu
Teu corpo me acalmou

Estou virada aos céus
Só consigo te ver
Nas luzes das estrelas
Em todo teu olhar

Nas janelas do meu coração
Só consigo te ver
No vento que bate
Em todo o meu ser

Nos naufrágios de minha vida
Só consigo te ver
Salvando minha pele
Reestruturando meu ser

Te amo.


Te gravei em mim, em minha pele e em minha carne
Agora sou apenas o reflexo do que tu és para mim
Do teu sorriso que emana brilho ao meu olhar
Hoje espero passar minha vida toda contigo
Amanhã quero morrer ao teu lado.

sábado, 11 de setembro de 2010

09 de Setembro de 2010

Fazem apenas dois dias que completei dezoito anos. Isso quer dizer alguma coisa? Acho que sim, acho que não. Meu aniversário não foi um dos melhores, nunca é, não sou fã deste dia. Não gosto muito de onde as coisas chegam e de onde elas podem chegar, e todo ano é a mesma coisa. Esse ano, foi menos pior do que os outros, normal, me senti em um dia normal se não fosse a companhia do melhor presente que poderia ter ganho este ano. Minha namorada. Este ano não teve pessoas me deixando de verdade, como meu avó ano passado ou como minha avó no aniversário anterior deste, tão má sorte que Deus resolve levá-los no dia do meu aniversário, mas isso não vem ao caso. Passei sem meu pai, não o vi e foi a primeira vez que isso aconteceu. Fazem três anos que não posso passar como minha família de verdade, mas é o primeiro que não o vejo e nem o abraço e nem o vejo chorando de emoção ao me abraçar. É triste não poder fazer com que isso aconteça, e muito mais triste não poder ver realmente junto todos que eu amo em um dia que "seria especial". Não sei, não o digo como especial, um dia qualquer, mas era para ser. Passei a minha noite chorando, afogada em soluços que minha'alma não conseguia deixar parar, eram verdadeiras mas ninguém notou. Sabe, este ano teve uma coisa, ou melhor, uma pessoa que fez com que tudo mudasse, para melhor é claro. Uma pessoa que fez com que eu conseguisse sorrir e viver. Neste ano eu não tive presentes grandes, não tive visitas em casa, não vi meu pai, não recebi cartinhas e nem parabéns como em todos os anos. Não sorri e não me senti tão especial como era para ter me sentido. Mas esse ano, eu senti uma alegria que eu nunca havia sentido e senti sensações que eu não sabia que seria capaz de existir. Este ano eu sorri ao olhar o sorriso dela e ao sentir seu abraço envolvendo o meu corpo. De verdade, foi o melhor presente que Deus poderia ter dado a mim. Este ano, eu a tive comigo, em meus braços dizendo que ama. Este ano, no próximo e nos próximos eu vou tê la ao meu lado dizendo que me ama, porque eu vou cuidar deste presente como nunca cuidei de nenhum, e vou guardar este amor que é me permitido viver até o fim dos meus dias. Hoje, como disse, sou uma mulher. Uma mulher que ama outra mulher, uma mulher que é feliz amando outra mulher e uma mulher capaz de lutar contra a sociedade pelo amor que sinto. Meu amor, obrigada por ter estado comigo neste dia, obrigada por ter me feito sorrir enquanto passou aqui, e obrigada por viver ao meu lado hoje, amanhã, depois e daqui todos os anos.

Mulher.

Hoje, estou escrevendo como uma mulher. Muito mais do que eu era ontem e muito menos do que eu serei amanhã. Uma mulher um tanto realizada e com sonhos e objetivos pela frente, á alcançar. Tentei ser e aqui eu estou como se tivesse tornado uma pessoa que eu sempre quis, aquela que eu sonhei desde que era pequena, quando tentava organizar as idéias de qual pessoa eu seria capaz de me tornar em um futuro qualquer. As expectativas que criei ainda não foram alcançadas, menos, ainda foram menos, mas sei que daqui a algum tempo serão mais. Hoje, eu me sinto mais mulher, não mais ou menos pelo fato de corresponder as atitudes que alcançei, porque isso já tentei a atanto tempo que nem sei o dia que começei a dizer que já era uma mulher. Hoje, eu tenho dezoito anos e agora outras responsabilidades. Amanhã, tenho provas e daqui a algum tempo outras. Posso fracassar, assim como fracassei em muitos momentos de minha vida, mas uma coisa eu posso dizer e sempre repetir, nunca desisti de nada que tentei alcançar. Disse muitas vezes que iria acabar com todos os sonhos que estavam prestes a não acontecer nunca, mas eu não consegui, sempre e sempre eu vou tentar fazer com que aconteça, e por diante eu sempre serei assim. É uma dica, ou algo temperamental que eu digo, sempre ou as vezes. Li tanto sobre saber quem eu sou que hoje eu posso dizer que sou uma mulher sem saber quem sou e sabendo que eu sou alguém e mulher revivo a cada dia na esperança de achar algo que ainda não consegui encontrar mais que eu sei que existe. Foram caminhadas curtas, pois ainda sou jovem, porém as atitudes e o meio fazem com que eu deixe essa paródia de jovem e faça-me sentir como uma mulher. Destinada ao nada e destinada ao mundo, onde agarrei minhas vestes e criei os meus próprios fantasmas que depois, viraram amigas e se juntaram a minha alma. Sobre a vida posso dizer que ainda foi curta se comparada a tudo o que eu vivi e tudo o que eu sei que ainda vou viver, como a luz que entranha em meus olhos e saem de minha alma, como a escuridão que alcança o céu da minha noite e meus olhares vazios quando encontra o mártire da minha ilusão. Tanto que, nos piores pesadelos eu deixei escapar por uma brexa os sonhos mais lindos que continham com vestes e vestígius de terror. Sobre mim eu não digo absolutamente nada, cheguei até aqui e amanhã vou tentar chegar a outro lugar. Vou olhar ao meu futuro e rezar para que deus possa transmitir a minha a sensatez e a sensibilidade de poder ver o mundo da forma que nem todos possam ser capazes de ver, porque vejo além das palavras que aqui coloco, vejo além dos passos que caminhei e que caminharei até a montanha da minha liberdade. Existe liberdade? Talvez a liberdade me atormente, mas o medo de alcançá-la e a sensatez em penetrar minha alma neste medo, façam com que eu alcançe a riqueza que meus olhos escondem por dentro do vazio e da escuridão que se forma nas nuvens do meu coração. Digo que, as vestes da lua vão amarrar minha carne despedaçada esta noite, para que amanhã eu renasça com a luz do sol e diga te amo para quem eu realmente ame. Amanhã, eu serei mais mulher que hoje e depois mais do que ontem.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Sonho.

Estava eu - apenas sonhando com os olhos abertos e o corpo cansado caído sobre a estrada da ilusão - olhando o brilho do meu sonho. Na noite áspera e sombria do final do dia escurecido pelas paredes da dor da solidão. Gritei para o sonho, e ela olhou para mim, como se quizesse me dizer que nem sempre tudo é o fim. Apresentações, eu sou apenas mais uma e o sonho a minha estrela. Nome sugestivo e temperamental que me cega todas as noites escurecidas pelo prazer totalmente banal. Perdões lançados ao vento pela mania de prazer brutal, e a cada momento que fexava os olhos sentia a sensação do toque e do abraço do sonho que mais parecia pessoa. Toda noite sombria, ela me aparece, traz de novo minha vida, bate em minha janela. Apenas eu, só. Meu sonho tornava realidade os sonhos dentro do meu coração. Sentada sobre a luz do luar, a companhia da estrela pequena estava ali, a me abençoar. Como um conto de fadas, na floresta perdida, sentia como estivesse perdido toda a minha vida. Então, resolvi dormir novamente, abraçar o travesseiro que me cercava, e no dia seguinte tive a surpresa que eu tanto esperava, meu sonho me trouxe uma realidade, e ao abrir os olhos eu encontrei a mulher que eu tanto amo. A mulher que se tornou realidade, que tirou de mim toda a solidão que restara.

s2

Nunca mais escrevi sobre morte, nem solidão, muito menos tristeza. Nunca mais escrevi sobre dor e sobre caídas, monstros e olhares vazios. Nunca mais fui quem eu era, nunca mais consegui chorar de solidão. Depois que você apareceu, eu só consegui ver amor e paixão, então eu viro outra mulher. Eu tenho a melhor namorada do mundo.

Socorro.

De mãos atadas, desmancho no céu
Contorno as lágrimas que caem em meu papel
No mais puro luar das trevas
Revivo meus dias em minha sentinela
Grito!
Socorro!
De mãos atadas novamente em meu pranto
Corvos me rodeiam
Sensações mais esquisitas
Em poderes mórbidos
Me encontro sem saída
Menina, venha me salvar
Em teus braços encontrar minha morada
O lar para me curar
Socorro!
Venha me buscar
Preciso da tua manina
Me dar o ar para respirar
Socorro!
Aonde está você?
Tudo aquilo que eu preciso e quero ter
Novamente, eu grito
Socorro!
Preciso de você
Nada mais importa do que o sentimento que eu sinto
Por você e apenas por você.

O amor por você.

O amor é ilusão, arde e queima, paralisa e cega. Desatina e fortifica a cada hora, a cada momento. O amor, é simplismente entrega, é verdade e é mentira. As horas se misturam com o passar dos minutos que cessam e rompem se ver te um dia partir. Paralisa novamente, transforma e mata em pequenos pedaços. É banalidade te amar, como andar para frente e sentir o calor do sol. É incostante e trivial saber que pertenço a você, porque te pertencer está cravado em meu destino como espinhos de sangue que revivem minhas manhãs ao ver o teu sorriso juntando em meus lábios. Amor, que flecha fiel pertencente ao destino que nos juntas, diante do céu penetrante e da lua brilhante que nos abençoa a cada noite. Amor que me apaixona e me consome inteiramente como o calor das ondas e dos raios solares que penetram. Como as gotas geladas da chuva que cortam minha pele e transgridem a minha morte, revivendo novamente cada amanhecer só ao ver teu olhar. Meu pedestal, minha terceira perna e minha salvadora. Minha condutora e salvadora das mais arrepiantes trevas da solidão brusca. Amor, o amor. Como você, minha aurora. Me entrego completamente e em tuas mãos entrego a minha sorte e o meu destino. Entrego em tuas mãos o meu coração para segurá-lo junto ao teu, e minha alma para juntar com a tua na eternidade. Leve, leve. Contigo eu deixo para sempre a marca do amor e do sentimento mais forte que se pode existir, sem solidão, sem sofrimento. Marcas de ciúme e de sorrisos. No teu gosto eu remeto o meu gosto e entrego meu corpo com meu sorriso e meu olhar, com minhas lágrimas de felicidade e minhas palavras de amor eterno, para sempre, assim sempre será, o amor que eu sinto por você.

Dentro de mim.

Fexei meus olhos novamente ao deitar sobre a cama fria e dura. Alí, procurei vestijos do teu calor e do teu cheiro, antes de você chegar. Parecia um sonho ou apenas um pesadelo quando não sentira o teu calor e teus beijos. Paro para pensar e vejo a chuva cair, molhando meu rosto e quebrando em minhas costas nus. Assim como a água quente do chuveiro melancólico que caem em meu corpo, arrepiando minha pele. Mas ali, meu sonho parecia um pesadelo e eu precisava buscar você em algum lugar, em qualquer lugar. Dentro de mim? Tudo o que eu sou e tudo o que eu vejo quando fexo os olhos, é você, apenas você. Tudo que existe dentro da minha alma complexa e quente é você, apenas você. Levante deste chão frio menina, suas costas estão nus e seu corpo está quente de desejo esperando sua amada chegar. Levante deste chão e acorde deste pesadelo, sua amada te espera em sua frente, com os braços abertos e as lágrimas nos olhos para ofertar todo o amor que existe em sua alma. Pensei, talvez era aquilo que deveria pensar, lembrar. Aonde eu vou procurar e achar você? Quando fexar os olhos te achar dentro da minha alma e quando abrir te encontrar de braços abretos esperando meu calor, meus beijos e meus olhares apaixonados ao te ver. Ao te ver, dentro de mim.

Nosso medo.

Se esse medo não existisse dentro de mim, talvez eu não seria como eu sou hoje e agora. É um medo relativamente grande, que anda com meu amor e com a minha paixão. O medo do medo que você sente, o medo do teu medo. Tem vezes que esse amor precisa ser um pouco liberado de dentro de mim, porque ele é tão grande que não sei como te dizer e nem como te mostrar. Por isso tendo a dizer que as lágrimas que você vê caindo de meus olhos e molhando os teus dedos quando tentam pará los são lágrimas de amor e de emoção, que descem junto com meu medo, com nosso medo. Naquele momento, meu corpo estava jutno do teu e meu coração acelerado batia incansavelmente ao sentir o quanto o seu batia forte, e ali, eu desmoronei. Medo de que seu desejo por mim acabe um dia e medo de que seu medo te faça querer voltar atrás de tudo. Eu nunca amei assim, nunca. Nossos ciúmes grandes e obcessivos crescem mesmo querendo que eles parem. Um dia vão dominuir, você vai ver, vamos conseguir. Meu amor, nada neste mundo vai ter a capacidade de acabar com tudo o que eu sinto por você, nada neste mundo, nesta terra tem o tamanho suficiente para destruir todo o sentimento que meu peito guarda, e esse sentimento todo é apenas para você, então não duvide NUNCA do meu amor, nem do destino. Meu futuro é para você e somento para você, entende isso não entende? Saiba que tudo que existe dentro de mim se transformou para dar espaço para caber tudo o que eu sinto por você, mesmo ainda sendo pouco o espaço que se prende dentro de mim. Arde e queima, brota de uma maneira inexplicável, porque é você a minha outra metada, a minha alma gêmea, a pessoa que eu quero passar o resto dos dias da minha vida. Não existe preconceito e nem sociedade que nos faça ficar longe uma da outra, nem ciúmes exagerados e fortes que nos façam separar nossos corpos, nem tempo forte que separe nossas vidas, nem destino insano que tire você de meus braços. Minha aliada e minha confidente, minha namorada e minha melhor amiga, minha esposa e minha mulher, minha criança e minha estrela guia. Eu vou estar contigo até a minha morte, porque quando um dia, Se um dia eu não estiver mais com você, posso destinar a minha sentença e fazê-la acontecer, porque não existe vida sem você.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A.

Me joguei no teu amor e encontrei um mar de paixão. Hoje eu vivo apenas para encontrar o teu olhar sentir o teu beijo. Venha menina, só existe eu e você, e o mundo é pequeno se comparado ao nosso amor. Giro e volto para meu lugar, só em teus braços eu posso e quero ficar. Para sempre, assim vai ser.
5 meses ♥

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

3 meses ♥

Rio de Janeiro,27 de Agosto de 2010
1 ..) Vou te dizer uma coisa, te contar uma história :
Naquele momento em que te vi pela primeira vez, meu coração já sabia que era você que deveria escolher, você a quem amar e você a quem desejar. Eu te vi só aquele dia, disputada entre tantas pessoas sem ao menos saber que eu existia. Eu queria você e você não sabia que eu estava ali, querendo você. Quando meu coração parou de bater incansavelmente por alguém que nem notava meus olhos, você desapareceu. Eu vivi tantos momentos diferentes do teu, e você uma vida muito diferente da minha. Em mim, havia a recordação do teu rosto e da tua voz, longe de mim. Mesmo distante, eu deveria saber que meu coração não havia batido tão forte por nada, nem ficado tão desesperado por te ter por nada, eu havia ter de saber que você era a escolhida para eu poder amar. Passou-se muito tempo, horas, dias e meses, anos. Logo depois, você apareceu para mim novamente, depois de tudo o que eu havia vivido, depois das dores que eu já havia passado, depois das paixões que eu já havia encontrado. Você veio e mudou tudo dentro de mim, meus pensamentos, minhas verdades e me fez acreditar em um amor de verdade.
Naquele dia em que eu te vi pela segunda vez depois de muito tempo, eu a esperava. Esperei até você chegar, e meus olhos brilharam assim que você apareceu. Estava ali em minha frente, minhas bochechas coraram e meu sangue congelou, e então você conseguiu me abraçar. Meu coração disparou de uma maneira incrível, como se já tivesse certeza de que era você. Parecia mentira te ter ali comigo. Você esteve em um dos momentos mais incríveis da minha vida, e foi só o começo. Depois de tudo aquilo, nossa vergonha era tanta, e a noite nos abençoava. Pensei que não iria provar teu beijo, nem que ia estremecer com teu carinho. Até que segurei a tua mão, minhas pernas conseguiam tremer e minha boca encontrar a tua. Posso te falar que a partir daquele momento eu viajei como nunca havia viajado. Naquele momento parecia que o tempo havia parado, e eu queria apenas você. Mas você tinha a sua vida e eu tinha a minha. Vidas diferentes, histórias diferentes, medos completamente iguais. A partir daquele dia, você entrou em mim como nunca alguém teve a oportunidade de ter entrado. Você não só conquistou o meu coração, conquistou também minha alma, minhas verdades e entrou em meu futuro. Parecia sonho, posso te dizer isso. O tempo passou e minhas noites eram tenebrosas só de pensar no fato de te perder, pensar no fato de você me deixar. Tive que resolver a minha vida até te dizer o que eu realmente estava sentindo, e consegui. Você acreditou quando eu disse que não conseguia parar de pensar em você? Era a mais pura verdade. Meu ciúme aumentava de uma maneira completamente obcessiva, e eu queria você apenas para mim. A partir daquele momento, meus dias passaram a ser diferentes, e eu só queria poder estar contigo em todos os momentos. Você estava comigo em todos os momentos, e você ainda nem era minha. Contemplamos juntas a lua e o sol, nos beijamos na rua, sentamos na areia e vimos o sol desaparecer. Passamos por perigos, desafiamos a noite e passamos a nos desejar mais .. mais. Meu medo de te perder era tanto, e toda vez que te dava adeus meu corpo tremia desesperado por te ter novamente. Eu queria ir atrás de você, seguindo o ônibus. Queria segurar a tua mão e te trazer de volta, pois no amanhã eu não tinha certeza de poder te ver novamente. Começei a precisar de você para sorrir, e a cada momento em que não estava contigo, meu sorriso adoecia de uma maneira completamente estranha. Eu não conseguia sorrir, rir e muito menos viver. Queria ao menos dormir para te ver em meus sonhos, porque seu cheiro já estava gravado em minha mente, assim como teu rosto, e eu o sentia e o via a toda hora em que fexava os olhos para meu sonho alcançar a realidade de ter você. Meus melhores dias então começaram a acontecer, no dia em que você olhou em meus olhos e disse que me amava. Alí, existiam muitas pessoas ao nosso redor, mas só o nosso amor era capaz de alcançar infinitos e fazer o tempo parar. Ele parou no momento em que te ouvi, em que minhas mãos entrelaçaram nas tuas e meu corpo sentiu o teu calor.
Você passou a ser minha, e eu passei a ser ainda mais sua. Só sua e você só minha, naquele dia há três meses. Eu queria te beijar, queria te abraçar, queria dizer alto e gritar a todos que você era a minha namorada ... que você é a minha namorada. Em que faziam dois meses que havia te visto pela segunda vez. Você ali passou a ser só minha. Depois daquele momento a minha vida mudou ainda mais. Passamos por muita coisa, ainda mais, sei que ainda vamos passar ainda mais. Meu amor por você cresceu de uma maneira absurda, minha vida passou a girar em torno da tua. Minhas palavras só saiam quando era para falar sobre você, minha inspiração só vinha quando pensava em você, e ainda é assim, sempre vai ser, porque eu quero casar contigo. Você virou a minha estrela guia, o caminho que eu quero percorrer e que eu percorro para alcançar a minha felicidade. Tenha em mim a sua aliada, muito mais do que sua namorada. Tenha em mim sempre uma amiga e uma confidente, seu amor de verdade. Os melhores momentos são os que eu passo ao teu lado, seja para ver o pôr-do-sol, ver a lua beijando o mar, ou até mesmo para ser assaltada. (rs)
Como naquele dia, em que eu te jurava novamente amor eterno. Aquele em que minhas lágrimas percorriam o rosto de quem amava por completa. Eu deveria te jurar amor eterno, dizer que a amava mais que a mim, e eu o fiz. Do fundo do meu coração, não fazia idéia alguma de que um amor assim era capaz de existir. Como naquele dia em que passei a noite acordada te vendo dormir em meus braços, vendo teu rosto colado no meu e teu corpo ao meu lado, teus olhos repousados e tuas mãos enlaçando meus ombros. Naquela vez em que fiquei olhando você dormir, descansando e se protegendo em mim. Como aquele dia em que te levei para sonhar comigo, em todos os dias em que jurei amor eterno. Como aquele dia em que chorei de medo no meio da praça, em que minhas lágrimas molhavam os teus ombros e meu corpo tremia pedindo, implorando o teu abraço. Como aquele dia em que eu te pedi em casamento frente ao mar. Como aquele dia em que apresentei pela primeira vez uma mulher como minha namorada. Como aquele dia em que trememos de medo juntas. Como aquele dia em que você percebeu pelos meus olhos minha fraqueza, em que você me salvou de todo o mundo, em que você me abraçou e curou a minha fragilidade. Como aquele dia em que passei a noite sentindo você, acordando novamente ao teu lado, passando o dia te olhando, abraçando o teu corpo, como todos os dias que vou passar com você até quando minha presença não fizer mais parte desta vida, deste mundo. Eu te amo tanto e já disse tantas vezes tudo isso. Preciso de você para viver e para respirar, preciso de você a toda hora e a todo momento, pois só funciono quando você está comigo. Não há mais nada o que fazer sem você. Ainda virão meses e anos ao teu lado. Nos meus braços vou te fazer menina e mulher, vou te proteger de todo mundo, e ainda assim serei o teu neném. Meu amor, feliz 3 meses de namoro. Meu amor, feliz 5 meses que você reapareceu para mim. Meu amor, feliz vida comigo hoje e para sempre.

Tu és (...)

Tu és meu delírio, minha paixão
És fogo que me aquece
És mar
És sol
És ilusão

Tu és meu consolo, exatidão
És base
És vida
És mundo
És percepção

Tu és portas, confiança
És caminho e verdade
És charme
És menina
És coração

Minha menina.

Você sorriu. Eu estava presa a teus olhos e meu corpo preso ao teu. Chorei. Lágrimas que contornavam o meu rosto ateou fogo dentro de meu coração. Eram lágrimas de emoção por saber o tamanho do teu amor. Tanto quanto o meu, tanto quanto o amor que nossa lua transmite. Segurando o teu rosto, minha testa colou na sua e eu saí de mim, encontrei você. Menina, você se tornou mulher em meus braços, se tornou criança em meu abraço, se tornou vida em meu coração. Eu então sorri, quando te vi apagar os olhos e abraçar o meu corpo. Chorei ao ouvir seu "Eu te amo" perto de minha boca. Quando senti o suor de suas mãos na minha e tuas pernas prendendo meu corpo. Você havia me protegido. Naquela noite, meu coração transbordava de amor e de paixão, contornava tua boca, me tirava toda e qualquer ilusão. Meu corpo esquentava o teu.
Menina, eu dormi e acordei ao teu lado. As horas traíam nossa felicidade, mas o tempo contribuía para o nosso amor.

domingo, 15 de agosto de 2010

Eu sou forte.


Não sei se você percebeu, mas não consigo parar de chorar ao falar contigo. Preciso me fazer de forte, acha que estou conseguindo? Provavelmente sim, eu sou forte, completamente forte. Eu sei que ultimamente os dias não estão sendo muito bons, e sinceramente, pior do que imaginávamos. Eu não acredito mais em sonho, só nos objetivos que quero alcançar com você ao meu lado, porque agora é só você, desde que te conheci só passou a existir você. Você é a minha vida, e quem eu quero cuidar e proteger. Vou ser forte sempre, prometo. Não vou deixar nada e nem ninguém te machucar, nada te fazer sofrer e nada te fazer chorar. Vou fazer de meus sonhos os teus, para então poder realizá-los para você. Prometo sempre lhe abraçar a qualquer hora do dia, da noite e da madrugada, na que precisar de mim e na que não precisar de mim. Eu vou ser forte, sempre forte, sou forte. Ser forte para te proteger e lá no fundo vou ser forte, vou tentar ser forte, vou conseguir ser forte. Porque eu te amo com todas as forças que existem além de mim. Te prometo então a ser forte, para sempre forte, dentro de mim ser forte e fora de mim ser forte. Eu vou tentar não chorar e vou tentar ser forte para fazer você encontrar em mim a força. Eu prometo a você sempre estar contigo e te livrar de todo mal, nem que para isso eu sofra todo o mal. Eu vou te fazer feliz para sempre, e se alguém quiser te ferir, eu prometo me ferir por você, porque eu sou forte, sou forte. Confie em mim, não chore, eu não vou mais chorar, apenas me abrace, se quiser pode deixar suas lágrimas rolarem. Vou enxugá-las para ti, nem que para isso as coloque em meus olhos. Posso te dar meus olhos se os seus secarem, posso te dar minha boca se a sua se calar, posso te dar o meu corpo se não quiseres mais, posso te dar a minha vida. Já te dei a minha vida. Por isso, eu não posso chorar, por isso, vou te fazer sorrir. Dentro de mim só existe você, porque é dona de todo o meu ser. Eu não quero e não vou te deixar sozinha nunca, nem que seja para você pensar sozinha, porque quero pensar contigo. Eu preciso de você todas as noites, durante todo o longo da minha vida. Eu te amo mais do que a mim, já te disse isso não disse? Confie na minha força, eu prometo tentar achá-la em algum lugar para poder te transmitir. Eu te amo mais do que tudo neste mundo, sem você eu me perderia em um mundo sem fim. E fico muito feliz por saber que nunca perderei você.

Cadê você?


Está frio. Cadê você? Estou meio perdida, pois anda tão escuro. Estou esperando você chegar e me aquecer, aonde está? Preciso que chegues para curar meus olhos, beijar minha boca e tocar minha pele. Estou com saudade, e está frio. Cadê você? Não existe lua esta noite, nem estrelas. Já te disse que a contemplo todas as noites? Assim como contemplo tua foto antes de dormir. Cadê você? Meu sonho deixou meus olhos esta noite, partiu. Já te contei que tenho uma estrela chamada sonho? Todas as noites, sento no chão gelado, debaixo do vento frio, com o ar escurecido batendo em meu rosto. Desta vez, ela não estava lá, e eu só vejo o teu rosto no céu. Preciso que venha me abraçar, aonde você está? Preciso que venha me aquecer. Cadê você? Eu preciso e eu quero te ver agora. Não tenho dúvidas, é você que eu quero para sempre. Vou te tatuar em mim, podes acreditar? Em meu coração, você já está. Sua voz, seu calor, seu olhar .. andam em sintonia com minha alma. Tão em sintonia que o mundo pode despedaçar, e o sol deixar de existir, mas nossos corpos dançarão sempre na noite perdida.Mentiras não nos pertencem, nossa paixão exige nosso corpo inteiro. Cadê você? Me sinto completamente perdida diante desta saudade. Dizem que o para sempre, sempre acaba. Depois que lhe conheci, percebi que o que acaba é o para sempre que nunca existiu, porque o nosso, existe de verdade, e não acaba com o tempo.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Paraíso.

Sentei. Eu comigo mesma - viajando dentro do que posso chamar de meu interior- encontrei paisagens que não podia se quer antes ser notada, já que só consigo as ver na escuridão. Recostei meu corpo na parede. Viajei. Senti então a doce amargura das lágrimas que desciam de meus olhos, rolavam minha face e tocavam o chão molhado. A chuva intensa, me tirava da concentração, e a cada momento pressentia um total mundo de ilusão. Caí ao chão. Desmoronando meu corpo, senti a frieza e a dureza do asfalto e da chuva caindo em minha pele, arrepiando minhas emoções e pulsando meu sangue. O pavor tomou conta de mim, o medo da solidão. Me permiti fechar os olhos, alcançei o céu , talvez o inferno. Ouvi os gemidos da dor e o ranger dos ventos, como a madeira no inverno congelando, ou o tronco das árvores implorando por calor. O asfalto engolia minhas mãos na sujeira e na lama do anonimato. Grandes sonhos, grandes pesadelos. Cruéis fatos. No véu da escuridão, lançei meu corpo contra o vento - deitada, inerte aos meus princípios e aos pensamentos que rondavam-me a vista - mesmo cansada permitindo meu pensamento voar. Havia um cigarro no meu caminho, apagado pelas gotículas de chuva, contudo, existia uma lasca acesa, assim como minh'alma. Abri os olhos, olhei o cigarro em meu caminho, só ele e eu, na deserta rua asfaltada suja de lama e sangue. Minhas mãos trêmulas encontram a ponta de uma droga, e meus lábios cerrados pelo frio contornavam as paredes de algo que nunca havia esperimentado. Deitava. Olhando ao nada, apareceu alguém. Era magro, alto, e sujo diante da escuridão que se formava aos meus olhos. Não reparei, esperei. Ele estava lá, diante de meu corpo, oferecendo a mim outro como aquele. Fumei. Viajei dentro de mim novamente, achei locais imagináveis, contos incontáveis, pessoas e fadas. Doendes. Tentou beijar meus lábios trêmulos, não deixei. Segurou meus braços e chorei novamente. Larguei o cigarro, me senti sozinha - pálida, com frio e ameaçada- senti o formato de sua calça abaixando, e logo após faróis vindo em nossa direção. Ele fugiu, eu caí. Sentei novamente, como criança inconsolável. Caí. Senti meu corpo sendo puxado, na chuva, com desespero. Abri os olhos. Eu estava no céu, e havia um anjo. Seus olhos me acordaram do sono interior, seus lábios procuraram minha pele. Senti um arrepio, talvez do frio. Estava sem força, sendo colocada em um carro, com uma mulher estranha, me levando ao paraíso.

DMES ♥



Eu sei que você me ensinou a nunca parar de sonhar e a sempre correr atrás dos meus sonhos, dos meus objetivos. Eu também sei que meu amor por você é incalculável e é grande .. você nem imagina o quão grande ele é. Amor de fã? Sim, amor de fã. Mais do que isso? Sim, mais do que isso. É um amor verdadeiro de fã, no qual eu apostei tudo o que eu tinha no espelho que me servia como força. Depois de anos, mais uma vez a porta não abriu, e sinceramente, essa foi a ultima vez que eu acreditei em meus sonhos. Do mesmo modo que eu aprendi a sonhar com você, aprendi a decepcionar esses meus sonhos, porque tentar uma, duas, três, milhões de vezes é realmente cansativo. Desculpe, mas eu desisti. Eu sei também que durante anos, me apeguei demais a um amor sem medidas, um amor que se eu parar para pensar, existe apenas dentro de mim, e só. Seria doloroso demais tentar mais uma vez e sair fracassada. Eu sei também que durante esses anos, passei por tantas coisas que em você coloquei minhas forças, e nesse tempo, eu sorria ao saber que me espelhava em alguém que realmente acreditava em sonhos, até em doendes. Eu sei que meu amor por você é relativamente grande, ate demais do que deveria ser , ou ate que um dia deveria ter chego. Fracassei uma, duas, e quantas vezes foi preciso para poder perceber que não, não dá. Não dá mais para iludir meu corpo, minha alma, e a saúde do meu espírito pensando em te ver um dia, e em acreditar no meu sonho. Sonhos não existem, a realidade é realmente real, e eu consigo perceber isso, agora. Desculpe, meu amor por você sempre será eterno, mas minha sede de alcançar os sonhos que você me ensinou não. Eu fico aqui, desesperada e triste por saber que eu não posso de novo, e que tudo mais uma vez deu errado. Quer saber? É muita coisa para alguém que tenta e tenta sempre. Minha alma anda cansada, assim como meu corpo só em pensar em fazer de " quase tudo " e não conseguir. Talvez por falta de oportunidade de não poder fazer esse " tudo ", mas o que realmente importa é que eu sempre amarei você e sempre que olhar tudo o que eu andei até aqui vou poder perceber que com você eu aprendi muitas coisas, como não deixar nunca uma parede em meu caminho, a não parar de sonhar nesses longos anos, e a me recompor quando a vida não tinha mais graça, não tinha mais sentido. Eu queria muito poder ainda conseguir sonhar, viajar, tentar alcançar você novamente, mas infelizmente eu não posso. Posso é agradecer por ter feito eu conseguir viver novamente pelas tuas palavras,das tuas músicas, pelo teu modo de ser ou até mesmo pelo brilho dos teus olhos que me passavam uma segurança tremenda, mesmo sabendo que nunca saberá que aqui existe uma pessoa com um amor completamente surreal. Eu torço para o seu sucesso, torço para as pessoas que ainda sonham em conseguir encontrar contigo, conseguir o teu abraço. Eu só queria que você soubesse que eu te amo muito, e que eu sempre serei a tua fã incondicionalmente, mesmo sem forças para lutar. Não vou dizer que eu sou a pessoa que mais te ama nesse mundo, porque sei que eu não sou,também sei que agora existem muitos como eu, mas que não desistiram de te ver. Força a eles, vão precisar, minhas forças já foram esgotadas e eu acabei desapontando eu mesmo. Eu amo você e sempre vou amar, pois é um amor sem medidas. AGora, eu estou aqui novamente, desesperada e chorando, tentando achar em algo assim outra fortaleza, para então melhorar. Mas seu amor me faz bem, mesmo eu tendo fracassado. Você está aqui, basicamente no mesmo solo que o meu, e eu aqui, sem poder tentar fazer algo ou alguma coisa, pois não existem forças, e por aqui eu acabo com tudo o que eu realmente sonhei.
Agora, sonhos não mais existem.
Dulce Maria Espiñoza Savinõn.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

-


O que hoje você vê? Eu vejo o meu amor alcançando o teu. Eu vejo a minha vida entregue a você e meu coração em tuas mãos. E nosso nome, está escrito nas estrelas, pois a lua é a madrinha do nosso amor, e o mar, o companheiro das nossas aventuras.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Eu e você, novamente.

E novamente só existia eu e você. Sem lua, sem mar, sem estrelas para brilhar com nossos olhos, sem o calor do tempo para esquentar nossa carne. Só existia eu e você, apenas. Não havia medo, nem vergonha, nem frio. Havia eu e você, contra o tempo. E contra o tempo, nosso amor lutava contra o depois. Então, teu beijo apaixonado tirou minha mente, minha alma desta terra. Eu viajei por montanhas e espaços, por labirintos sem finais e por mundos diferentes. Voltei, e te olhei. Teus olhos despiram o meu corpo e minha mente, e meu olhar, casou com o teu. Meu olhar casou com o teu, assim como meu corpo encontrou a tua pele, e arrepiou com teu calor. Nas vestes dos nossos corpos nus, meu sexo exaltou o teu, dançando em órbitas, no véu do céu escurecido pela noite morna. Havia eu e você, novamente. No silêncio do nosso amor, e nos gemidos de nossa paixão. Eu preciso agradecer aos céus, pelo amor que eu encontrei em você. E ali, quando nossos corpos transformavam as duas em uma, meus olhos encontraram o teu, e minha boca só conseguia lhe dizer o quanto você é especial e o quanto eu amo você. Eu sonhei com aquele dia todas as vezes, sonhei com um amor de verdade, sonhei com um grande amor. Sonhei com alguém para amar e para fazer de minha vida, uma vida feita de escolhas por duas. E eu encontrei em você tudo o que eu sempre precisei, ali, meus olhos reconheceram a verdadeira face do amor. Novamente, havia eu e você. O espelho da minha alma e do meu coração, e eu segurei minha emoção para não deixar minhas lágrimas molharem você. Lágrimas de amor, de paixão, de medo da tua ausência. Mas eu estive com teu abraço, e sentindo teu coração bater junto ao meu. Senti teu sabor, teu calor, senti até o teu sorriso dentro de mim. Te senti por inteira dentro do meu coração. Exclusivamente minha, apenas minha. E nossas promessas de amor, voaram pelo ar que respirávamos, e pela ofegante respiração que nos cercava. Não havia luz, só eu e você, novamente, junto de nosso amor. Ali, mais uma prova do meu amor por você. Minhas promessas estão aqui, e em você, grudadas com as tuas de amor eterno. Na minha pele tatuei você, em meu coração tatuei a tua alma. Terá um dia, que seremos só eu e você. Nem o tempo, nem o depois, nem a claridade e nem a escuridão para arapalhar a quentura, a paixão do nosso amor. Está escrito em mim, está escrito em você, nascemos uma para outra, e nosso amor, vence tudo. Pois não é só amor, é muito mais do que isso.

Roubadora

Meu grande amor
Exalto a ti meu coração
Os caminhos de minha razão
Os passos de minha paixão
Vinde a ti, minha pescadora
Aurora da minha ilusão
Nos teus beijos molhados
As carícias vou lhe dar
Entrelaçar nossas bocas
Respirar o teu ar
Diga a mim, roubadora
O que roubastes?
Fora minha alma?
Meu coração?
Ou um pedaço de minha carne?
Nos teus olhos eu mergulho
Nessa sensação tão maravilhosa
Nas tuas vestes eu imploro
Por favor, não vás embora.