Visitantes.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Sorriso de criança.


Quanto vale o sorriso?
puro, sublime, inerte.
Belo, poderoso, certo.
Presente neste lugar?

Quando vale o sorriso?
Sincero, acalentado, sensível,
eloquente, vivente ..
sem dente?

Quanto vale o sorriso?
Livre de culpas,
desespero,
desamparo?

Quanto vale o sorriso?
Da risada, do suspiro,
do terreno de amor
Sobrevivente do destino?

Quanto vale o sorriso?
inoportuno, desejável,
combatendo o desamor,
acalentando os mais tristes?

Quanto vale este sorriso?
Na boca de uma criança,
capaz de levar alegrias,
e um tanto de esperança?

Quanto vale este sorriso?
No rosto do desamparo,
onde um abraço fez-se dia,
e um beijo, fez-se vida?

Quanto vale este sorriso?
estampado nesses olhos,
tão cheios de lágrimas,
e, carentes?

Nestes sorrisos sobreviventes,
do frio, da dor, da carência.
Nestes sorrisos sobreviventes ...
imersos ... tranquilos ...
num mundo de ódio.
Sorrisos estes tão imensos,
abraçando e abarcando o céu,
longe do inferno do abandono,
que traz-me a esperança,
em tê-lo por perto.