Visitantes.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Olhares.




Olhar te como corpo,
De sabores, de manias
Olhar te como alma,
Desgarrada, prometida.

Olhar te como riso,
bem baixinho, passageiro
Olhar te como vida,
Bem ligeira, sem medidas.

Olhar te como ré,
Deste nosso destino,
Traduzindo as vestes
De um futuro prometido

Nenhum comentário:

Postar um comentário