Visitantes.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Meu coração dói.

Sonho (frustração)

Me disseram várias vezes para nunca desistir de sonhos; Dos sonhos, de sonhar. Eu tentei durante anos. Tentei várias vezes e já escrevi centenas de palavras sobre isso. E, dizendo a verdade, estou cansada. Completamente cansada. Não sei, pode ser que muita gente não me entenda. E, várias pessoas acham que isso não é sonho nenhum. Podem não acreditar, mas eu sinto. Eu posso dizer que é. E, eu vi, estava lá, ouvi dizer que era impossível para quem não tenta. Nossa! Como eu tentei. Estou machucada, frustrada. Estou completamente sem saber o que fazer. São 7 anos e eu juro, tentei todas as vezes que tive oportunidade. Será que minhas oportunidades foram tão falhas assim? Cheguei a dormir na rua, em ponto de ônibus, em aeroportos, em calçadas que davam de frente a porta de hotéis. Talvez meu erro foi não ter tido dinheiro para pagar 500 reais e conseguir tirar uma foto. Talvez tenha sido esse o meu erro. E é assim, sempre foi. Eu corro de um lado para o outro, eu choro, chego em casa frustrada. Eu sonho e acordo vendo que não, não foi realidade. Se eu pudesse (...) faria o impossível. Mas esse meu impossível está relacionado ao dinheiro que não tenho para conseguir pagar uma foto. Não me digam que não tentei! E, ainda mais, todos conseguiram e eu fiquei aqui, para trás, com meus sonhos abertos em minhas mãos, criando asas e indo em direção ao nada. É tão difícil ter esse sentimento de frustração. Se eu não tivesse feito nada (...) Lembro da vez que fizemos uma Convocatório Kilométrica. Trabalhamos duro naquela carta, chegaram na minha casa cartas do país inteiro. Estávamos convictas de que entregaríamos em mãos. Ficou enorme, 50 km de folhas. Trabalhamos tanto, faltei a aula diversas vezes. Passamos noites inteiras colando, enrolando e organizando aquelas milhares de carta que parecia engolir meu quarto. No final? Não fui entregar! Só uma conseguiu entrar e entregar. Talvez por eu ter sido ingênua, sei lá. Lembro, também, das vezes que durmi no aeroporto. Passamos o dia inteiro. Eu não comi nada naqueles dias, água o bebedouro me servia. Quando a noite chegou, expulsaram a gente de lá. Famos dormir na rua até abrir novamente e podermos voltar. Quando eles chegaram lá, passaram por um lado que ninguém viu. De lá, fui para a porta do hotel. Não saíram de lá, era muita gente. E o show que fiquei acampada durante 2 meses? Ia para casa, faltava a escola e ia pra lá. Fora o dia que choveu demais e tivemos que dormir debaixo do ponto de ônibus. Eu pensava que daria certo, não deu. Ano passado fui novamente atrás, menos cheio porque aora eram fãs só de uma, não dos 6. Fiquei lá, estava tão frio, meu quexo batia incontrolável. Fomos dormir na casa de um menino que nunca vimos, de tanto frio que sentíamos. No dia anterior, voltamos. Ela saiu do hotel tão rápido, consegui gravar só os cabelos dela saindo, mais nada. Chorei demais. Muito! Fora os fã clubes que eu tanto fui presidente. Tantos encontros tive que marcar, cadastrar e tudo mais, achando que algum dia ganharia algum passe para conseguir. Mas não consegui, só os de São Paulo conseguiram. E eu em casa, frustrada, como sempre.
Estou tão triste que não tenho força para continuar. Eu lutei tanto! Não deu em nada (...) Não sei se posso lutar mais. Talvez hoje seja\ a última vez que tentarei, quem sabe.
E ficam me perguntando: Será que ela merece esse seu amor todo? Esse amor de fã que já parece loucura?
Mas ninguém sabe que em momentos difícies da minha vida, eu não tive ninguém para me espelhar. Foi naquele momento em que levantar da cama ou não, não faziam diferença para mim. Amigos tão longe do que eu havia me tornado, meus pais começando a me dar uma vida diferente da que eu sempre tive. Eu tinha 13,14 anos. Não encontrava nada para conseguir sair daquilo. Talvez não acreditem, talvez. Mas eu me identifiquei tanto. Fiz tantos amigos. Preenchi minha vida. Eu lembro, passava o dia inteiro com aquele som ligado, cantando e chorando (...) Foi um momento que eu nunca vou esquecer. Eu nem sabia quem eu era, tinha medo de dizer. Eu descobri e hoje consigo encarar o mundo que, antes, me mostrava preconceito
Caramba! Eu tento ter força pra continuar, mas anda difícil. Ninguém entende esse amor. Eu preciso conseguir, mas minhas forças estão acabando e eu não aguento mais.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Pontos.

Hoje estive lendo algumas coisas que escrevi ao longo do tempo. Percebi que existia muitas vírgulas. Vírgulas em lugares errados, erros de condordancia e português. Não liguei para isso. São meus sentimentos. Eles são todos assim, errados, colocados em lugares errados e embaralhados. Porém, percebi que as vírgulas são demais, sempre foram demais. Acho que estive precisando respirar demais para conseguir continuar escrevendo. Respirar demais. Demais. Aprendi na faculdade que a vírgula não serve para marcar a respiração. Serve para outras coisas que eu não vou explicar agora. Não ligo. Para mim a vírgula será sempre para eu poder respirar. Ultimamente eu estou colocando muitos pontos finais. Não sei o porquê disso. Acho que eles estão sendo mais suscetíveis aos meus sentimentos. A vírgula me deixa respirar, os pontos me deixam viver. Ah! Ando usando reticências demais também. Que coisa estranha (...) Uso vírgulas demais, pontos finais demais e reticências demais. Tá vendo? Como sou indecisa. Em tudo! Sempre me disseram isso. Tavez seja por isso que não consigo terminar nada, acho que é uma doença. Quem sabe daqui a alguns períodos na faculdade eu consiga entender essa parte. Enquanto a greve continua, vou ficar mais tempo sem saber. Vou continuar escrevendo assim. A vírgula me deixa pensar amsi um pouquinho. O ponto, me deixa viver A reticências? Me deixa falar o que eu nunca quero. O que eu nunca quero (...) Ah! Esse problema de pontuação desmancha os meus planos com meu próprio futuro. Meu português está péssimo. Estou até colocando a vírgula depois do "que". Isso nas regras é tao errado. Mas quer saber? Odeio as regras. Por causa das regras não posso dizer que meu gosto é diferente dos normais. Não sei, né? Ultimamente normal é ser diferente, uma modinha terrível. Mas eu vou continuar escrevendo assim, acho que nenhum professor de português anda lendo meu blog. Acho que posso, não posso? Ah, estou confusa e indecisa como sempre. Coitada da minha namorada, ela não aguenta minhas vírgulas e meu ponto de interrogação. E ah! Meu ponto final quando quero algo na hora. E nada de esquecer as minhas reticências quando faço birra. Desculpe amor, prometo que vou parar um pouquinho com isso, tudo bem? Só vou continuar escrevendo assim porque não sei de outra forma. Nem parece que estou escrevendo mesmo. Ah! O que eu faria sem vocês, meus pontos ?! (...)

(..)


Tão belos encantos, fez comigo, apaixonei
Amei sem descanso, sem descaso, me apeguei
Sofri em desalento, sofro tanto e lhe gritei
Tu veio me abraçar, tanto que ao menos sei.

Minha.

Num céu quase (des)estrelado; Num mar de poeira e pó; Nas nuvens sorrateiras; Num pedaço de mim. Numa gota de lágrimas. Nessa lua tão (...) tão assim. Meu corpo chama o teu desesperado. Geme, clama, grita pelo teu corpo inusitado. Empoleirada em teu galhos, pronta para voar, canto em teu ouvido como teu passarinho preso em teus sonhos. Voar! Pronta para voar. Me penduro em teus beijos e me derramo em teus braços para me procurar. Te acho, me procuro. Em teu amor, em tua paixão, em teus lábios, em teu sexo. Me acho. Em teus olhos, em tua carne, em tuas mãos. A lua? Despedaçada em pedaços de vidro. Refletida em teus olhos, em tua boca, em teu sorriso. Grito esta noite, sedenta pelo teu amor. Me pega, me enlaça, me traz desejos tardios. Me ame, me aperte, me faça carinho. Me traga-te em teus olhos toda a sua parte, pois esta noite você será minha.

sábado, 14 de julho de 2012

Parabéns melhor amigo.

Olá melhor amigo,

Que dia eim? Que dia especial é esse hoje? Caramba! Estou tao feliz por estar contigo esse dia. Um dia tão especial para você e para todas as pessoas que estão a sua volta. Queria nesse dia te desejar o Feliz Aniversário mais especial que já te dei, afinal de contas, eu me sinto tão mais próxima de você a cada dia que passa. Essa sua amizade é tão importante na minha vida que não sei mais como ficar sem. Sem teus conselhos, sem as tuas brigas e sem os teus abraços.
Nesse dia, quero dizer á você o quanto é especial para mim. E, como você sempre diz, como a vida é engraçada. E da dor, nasceu essa amizade tão linda que temos hoje. E eu acredito que vá durar para sempre. Esse é o sentimento que eu tenho mais certeza que vai durar sempre (...) sempre, meu amigo.
Então, vim te desejar aqui um Feliz Aniversário. Um dia repleto de felicidade, amor, companheirismo, afinal, você vai estar rodeado de pessoas que te amam muito.
Além de desejar á você tudo isso, hoje, quero desejar que na sua vida inteira você consiga ter sempre esse brilho e essa luz que você tem. Que no meio do caminho você não desista dos seus sonhos. Você mais do que ninguém sabe que com luta, chegamos aonde queremos. E eu tenho muito orgulho disso.
Quero te desejar a melhor felicidade do mundo. E mais do que tudo, amor. Muito amor, meu amigo. Desejar força e perseverança. Você, também, mais do que ninguém sabe o quanto é difícil  amar diferente. Desejar paz, muita paz. Desejar fé. Muita fé.
E o tempo passa, com isso, tenho mais certeza do quanto a sua amizade é importante, meu irmão. E quanto mais o tempo passa, mas eu sei que preciso dos seus conselhos e dos seus abraços.
Depois de tudo o que você passou, em todos os sentidos, ver você feliz é maravilhoso. Mesmo não estando contigo em todos os momentos dos quais ainda eu não tinha entrado em sua vida, os que passei me mostraram o quão você é forte e sensível. E isso me orgulha muito.
Quero muito que você tenha encontrado o amor, a felicidade. Quero muito te ver sorrindo e chorando de felicidade junto com seu amor. Quero muito ver você com sua família e, enfim, com seu amor. E olha, como a vida é, não é mesmo? Um amor que pode comemorar esse dia especial junto com você, de todas as maneiras.
Nesse dia, não canso de dizer que você merece todas os melhores sentimentos que todos podem desejar. Bom, não só nesse dia. Quero desejar tudo isso em todos os dias. Hoje é um dia especial, mas os outros também são, porque você está sempre aqui, ao nosso lado.
Feliz Aniversário! Parabéns! Tenha certeza de que todos que estão junto de você sentem orgulho por participar da vida de uma pessoa como você. Com você eu aprendi muitas coisas meu amigo, principalmente o valor de uma amizade assim, como a nossa.
Vou estar contigo hoje, amanhã e sempre. Vou estar do teu lado sempre, tenha certeza disso.
Que você seja muito feliz, menino do amor, meu melhor amigo.

" Não tem asas e não podem voar. Mas em seu coração, trazem o dom de amar. Preciso da sua amizade, da sinceridade, do seu carinho. Você pode não parecer com meu jeito de ser, mas você é muito especial. É tão bom, ter alguém pra te ouvir. É tão bom, ter alguém que se interesse. Saiba te entender. É tão bom se sentir a vontade. Pra dizer a verdade, ser aceito como eu sou. " ( Anjos. Do Reino, pimentas. )

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Paixão?

Hoje eu tive um sonho. Acordei. Não acredito, continuo sonhando. O que você fez comigo? Eim? Eu estou completamente apaixonada por você. Eu estou completamente apaixonada pelo teu sorriso que me faz sorrir, todos os dias. Apaixonada pelo teu olhar apaixonado,  que me olha quando eu adormeço os meus olhos. Pela tua pele que arrepia a minha, todas as vezes que encosta em mim. Apaixonada pela tua voz que diz, Eu te amo em meu ouvido, várias vezes e continua me pegando de surpresa. Apaixonada pela tua força e fraqueza, que me fazem e me ajudam a passar por muitas coisas. Ah! Eu estou completamente apaixonada pelos teus carinhos. Apaixonada pela maneira em que me enlaça no teu corpo e me deixa sem forças. Apaixonada pelo jeito em que me acorda. E, ah!, apaixonada pela maneira com que me pede em casamento dizendo o meu nome todo. Apaixonada pelo teu jeito desastrado, pela tua inteligência descontroladora e pela tua eficiência em tudo. Apaixonada pelas tuas conversas, até quando me sinto burra por você saber de tudo o que eu falo. Apaixonada quando me pega em meu colo e me chama de teu neném. Apaixonada quando me pega pela mão e me chama de tua mulher. Apaixonada quando me acorda com buquê de rosas ( eu sempre digo isso, né?). Quando move e muda tudo para me ver sorrir. AH! Completamente apaixonada quando passa o dia inteiro me mimando, com doces e beijos. Sabe, eu estou completamente apaixonada. Mas, posso dizer uma coisa? Eu não estou apenas apaixonada. Estou muito mais do que isso.

Encontro.

Eu queria acordar com um buquê de flores; Rosas vermelhas, para melhorar. Queria sair na rua e, nesse momento, sentir pegarem a minha mão. Queria olhar pela janela aquela noite e sentir, atrás de mim, alguém segurando os meus braços, entrelaçando todo o meu corpo. Queria ver a lua, acompanhada. Talvez, sem nenhuma companhia de minha amiha solidão. Queria olhar naqueles olhos e ver que brilhavam. Queria acordar todos os dias com um beijo de Bom dia. É, eu acho que encontrei tudo isso.

-

Doente, neném. Dia-a-dia,  jovem apaixonada. A noite, mulher. Na cama,(...)